Setor da beleza na América Latina mantém crescimento de dois dígitos

A consultoria Euromonitor revelou este mês que o mercado de beleza nos países latinos cresceu 44,5% nos últimos 5 anos e é esperado um aumento de pelo menos 16% até 2023. O faturamento regional do setor de beleza e cosméticos deve atingir mais de 78 bilhões de dólares em 2023.


Estée Lauder

Segundo estudo da Euromonitor, a categoria de beleza de luxo é a que registrou maior crescimento percentual, com evolução de 69% nos últimos 5 anos e é estimado crescimento superior a 20% nos próximos 5 anos. A categoria de maquiagem cresceu 44% no mesmo período, sendo uma das com maiores avanços depois de perfumaria e cuidados para a pele.

O Chile mantém sua liderança em gastos per capita com produtos de beleza na América Latina, com um gasto anual de 190 dólares, seguido por Uruguai e Brasil, com 178 e 160 dólares anuais, respectivamente, enquanto México, Colômbia, Peru e Equador permanecem na lista com despesas beleza anual abaixo de 85 dólares por pessoa.

A América Latina completa mais de uma década sendo o centro das atenções e desenvolvimento de inúmeras marcas estrangeiras. L'Oréal e Estée Lauder lideraram as incursões e expansões nos últimos 5 anos na região, com presença em todos os países, de forma direta ou por meio de terceiros, embora a indústria nacional de beleza também esteja crescendo, especialmente no Brasil, Peru e Colômbia.

Espera-se que o mercado de higiene, cosméticos e beleza complete pelo menos uma década com crescimentos.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

CosméticaIndústria
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER