×
906
Fashion Jobs

Setor coureiro deve vender US$ 18 milhões após exibição em Milão

Publicado em
today 7 de mar de 2016
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Quatro curtumes brasileiros marcaram presença em uma das feiras mais badaladas dos ramos coureiro, de acessórios e componentes do mundo: a Lineapelle, de Milão.

Realizado entre os dias 23 e 25 de fevereiro, o evento, que reuniu designers e estilistas de diversas grifes internacionais gerou perspectivas de negócios de mais de US$ 18 milhões ao longo de 2016. 

Movimentação em estandes da feira - Foto: Lineapelle

 
A indústria de couros e peles brasileira esteve representada na exibição italiana pelas empresas BCM Indústria e Comércio de Couros Ltda (Courovale); Best Brasil Indl de Couros Ltda; JBS Couros e Nova Kaeru Indústria e Comércio de Couro Ltda.

O grupo participou da feira com apoio do Brazilian Leather, projeto de expansão do setor no mercado internacional desenvolvido pelo CICB e pela Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

Segundo o presidente executivo do CICB, José Fernando Bello, a Lineapelle é uma das mostras mais aguardadas do ramo. “Trata-se de uma feira lançadora de moda. Ao expor na Lineapelle, o Brasil demonstra o quão alinhado está às tendências”, percebe.
 
A segunda edição anual da Lineapelle ocorre em setembro.
 
MÁQUINAS
Paralelo à Lineapelle foi realizada a edição 2016 da Simac Tanning Tech, feira que reúne lançamentos em máquinas e equipamentos para curtumes, calçados e artefatos.

Na ocasião, o Brasil, por meio do CICB, participou de uma reunião com fabricantes italianos de maquinário. O motivo do encontro foi a discussão da NR-12 (Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego sobre Segurança em Máquinas e Equipamentos). 

Conforme José Fernando Bello, cerca de 80% das máquinas utilizadas no ramo coureiro do Brasil são importadas. "Portanto, é de suma importância que os fornecedores atentem para os requisitos de segurança estabelecidos no regulamento brasileiro", diz.

Bello garante que a reunião foi produtiva e que o assunto seguirá sendo discutido para que os equipamentos que chegam ao Brasil sigam as exigências normativas locais.

Fonte: Apex Brasil

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.