×
892
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Sete marcas brasileiras marcam presença no salão francês Who's Next

Por
Publicado em
today 2 de set de 2016
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

​Entre 02 e 05 de setembro, a Cidade Luz recebe mais uma edição do Salão Who's Next. Sete marcas brasileiras marcarão presença no encontro com a missão de fortalecer a imagem da moda verde e amarela.

Sete marcas brasileiras com apoio do programa Fashion Label Brasil se farão presentes na feira parisiense. - Foto: Who's Next


Na realidade, segundo Apex-Brasil, marcas Caleidoscópio, Cecilia Prado, Ciao Mao, Lenny Niemeyer, Lila Deux, Masque e Vert são associadas da ABEST e marcam presença no evento parisiense por meio do Fashion Label Brasil, Programa de Internacionalização da Moda Brasileira de Valor Agregado criado pela ABEST em parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).
 
Para o presidente da Associação Brasileira de Estilistas (ABEST), Roberto Davidowicz, trata-se de uma oportunidade ímpar que não deve ser perdida por sua importância, "Há 20 anos, a Who's Next apresenta as melhores marcas do globo para grandes players do mercado. O objetivo da ABEST é fortalecer a imagem da moda brasileira com a participação de nossos associados em eventos internacionais de renome", comenta.

Dentre as novidades está a marca Lila Deux, da estilista Camila Meca, que participa pela primeira vez de um evento internacional. "Após o sucesso no mercado nacional, decidimos expandir horizontes e queremos começar a exportar para o mercado europeu. Participar da Who's Next é iniciar um novo ciclo", explica a estilista.
 
A marca de calçados CIAO MAO também vai estar presente na feira de moda parisiense. "A ABEST tem sido essencial para nosso processo de expansão internacional. Esperamos abrir mercado em toda Europa e Ásia, em especial o Japão. Na sequência estaremos na feira Coterie - Sole Commerce em Nova York", conta Daniel Hayashi.
 
Por outro lado, depois da edição de janeiro passado, em que o salão registrou um recuo de 16% nos números da sua visitação, muito por causa da diminuição do afluxo em Paris após os recentes atentados na Cidade Luz e na Bélgica, a organização pretende dar nova vida à manifestação, com cerca de 1.600 marcas confirmadas, mas, sobretudo, com uma série de iniciativas que visam dinamizar o salão.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.