×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
25 de jun. de 2021
Tempo de leitura
4 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Semana da Moda Masculina de Paris: 3º dia tem Rick Owens, Louis Vuitton e Issey Miyake

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
25 de jun. de 2021

Neste movimentado terceiro dia da Semana da Moda Masculina de Paris (quinta-feira, 24 de junho), dez das doze marcas programadas apresentaram suas coleções pela internet, sem audiência. FashionNetwork.com analisa três das melhores coleções, cuja mensagem principal foi: "Seja verdadeiro consigo mesmo".

RICK OWENS FOGACHINE SS22 MENS (LIVESTREAM)


Rick Owens: guerreiros de uma discoteca ecológica na praia



A Semana da Moda Masculina de Paris apresentou apenas um desfile físico ao vivo de um estilista renomado na quinta-feira, embora tenha ocorrido na praia do Lido, em Veneza, cidade onde Rick Owens mora metade do ano.

Provavelmente este será seu último desfile de moda em Veneza, uma vez que Owens espera voltar a Paris para apresentar um desfile ao vivo durante a semana da moda feminina. O designer californiano conhecido por distorcer, destruir e desconstruir a moda, lidando muito bem com o abandono, conferiu a toda a coleção um efeito muito bonito. Num gesto generoso, convidou o artista local de Veneza, Swampgod – famoso no Instagram pelos trabalhos com upcycling – para visitar a sua fábrica nas proximidades, no Veneto, e cortar em pedaços velhos estoques, tornando-se assim "desconstruções das minhas desconstruções", explicou Rick Owens.

O designer também usou muitos materiais ecológicos - de cupro biodegradável feito de resíduos de algodão a viscose certificada pelo FSC - o que admitiu ser um novo momento de "tentativa contraditória de misturar glamour com responsabilidade e ponderação". Como resultado, seus heróis góticos minimalistas nunca pareceram tão orgânicos, arrastando seus jeans nas areias pedregosas do Lido, enquanto seus casaos sem mangas quase voaram e suas camisas arrastão estavam repletas de buracos.

Uma crítica frequente é que o melhor lugar para vestir as coleções de Rick Owens é um desfile de moda de Rick Owens, pois sua estética é exigente e seus códigos ocultos. Mas o teste da verdade para um verdadeiro artista  é a capacidade de desenvolver um estilo poderoso e icônico. E poucos criadores são tão únicos como ele atualmente. Esta coleção, como tudo que Rick Owens faz, só poderia ser criada hoje.
 

Men’s Spring-Summer 2022 Fashion Show | LOUIS VUITTON


Louis Vuitton: Amen Break por Virgil Abloh



Seus looks: suéteres vermelhos de cabine telefônica proclamando “Vuitton Rocks”, ternos verdes xadrez com saias de samurai em vez de calças, calças de corrida com debrum largo, ternos azuis Klein completados por um chapéu de pele na parte superior. de Santo André.

No vídeo da Louis Vuitton, a abertura foi um sujeito deitado de terno preto e máscara, com espada de samurai cerimonial e cartola de Artful Dodger batida.
 
"O maior samurai do império", de acordo com a narração. O personagem então cruza uma pedreira gigante ao encontro de outro personagem ninja. Ambos vestidos de preto acabam em uma floresta de bétulas prateadas. Os modelos carregam mochilas amarelas, pastas de couro alaranjadas com formas quadradas, e malas de fim de semana listradas sem rodinhas.
 
Seus looks: suéteres vermelhos com cabine telefônica proclamando “Vuitton Rocks”, ternos verdes xadrez com saias de samurai em vez de calças, joggings, ternos azul Klein complementados por um chapéu de pele sobre o qual foi colocada a Bandeira da Escócia – também conhecida como Cruz de Santo André.

O criador das coleções masculinas da maison, Virgil Abloh, arquiteto e DJ cujas raízes da moda estão no streetwear conceitual, não é um alfaiate nato. Mas aquela coleção continha alguns casacos trespassados ​​e cintados no estilo Dickens e calças com fenda.

Resumindo, esta é uma coleção comercial que expande o vocabulário da moda, mas com um vídeo de 17 minutos que poderia ter sido cortado para um terço. Especialmente considerando seu título, "Amen Break": nós realmente precisávamos de um "break" (intervalo)!

Pode ser que chegue a hora, nestes tempos de temporadas infinitas de moda virtual, que os criadores das gerações X, Y e Z dêem uma olhada no falso documentário satírico feito sobre o mundo da moda e seus excessos, "Who Are You Polly Maggoo?", dirigido por William Klein, de 1966.  A moda, assim como a vida, é importante demais para ser levada a sério.


Modelo de riscas óticas com a assinatura de Issey Miyake - Issey Miyake


Issey Miyake: conforto sofisticado



Intitulada "Human Ensemble", a mais recente coleção da marca japonesa foi inspirada por um estudo cuidadoso das formas do nosso corpo, e mostra como um design inteligente pode se adaptar para criar roupas diferenciadas, mas confortáveis ​​de usar.

Com o apoio de Blues Slide Guitar, o vídeo foi dirigido com estilo pelo fotógrafo e publicitário de Tóquio, Kazunali Tajima, que apresentou uma série inicial inteligente denominada "Body Arch". Feiras de poliéster 100% reciclado, semelhante a papelão de alta qualidade, cada peça abraçava o tronco suavemente com amor. Túnicas, tops e jaquetas com mangas raglan, feitas com cortes suaves para facilitar o movimento.  
 
Outras malhas incrustadas revelavam o rico minimalismo associado à Miyake, uma grife cujas roupas ainda parecem instantaneamente reconhecíveis, embora o fundador tenha se aposentado há mais de uma década.

Com um elenco atípico, de lenhadores barbudos a valentes artistas - cerca de trinta amigos da marca - a maioria usando óculos David Hockney, este vídeo muito suave foi feito para os clientes criativos que compõem a clientela da marca.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.