×
894
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Semana da Moda Masculina de Milão terá 27 desfiles e o retorno de John Richmond

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 13 de dez de 2018
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A próxima edição da Milano Moda Uomo, a Semana de Moda de Milão dedicada à moda masculina, será realizada de 11 a 14 de janeiro de 2019, com um calendário rico em desfiles, marcado por inúmeras estreias, italianas e internacionais. Ermenegildo Zegna vai abrir a semana às 11 horas, na Piazza Duca D'Aosta, e a Gucci vai encerra-la quatro dias depois no Gucci Hub, localizado no número 77 da Via Mecenate, com o evento " Motus apresenta MDLSX com Silvia Calderoni".


Da esquerda à direita: Miao Ran (Miaoran), Carlo Capasa (presidente da CNMI), Giorgio Di Salvo (United Standard) e Dorian Gray (M1992)


No total serão 27 desfiles e 14 apresentações, sendo 41 compromissos. "Milão está no coração do panorama das Semanas da Moda, tanto como espaço para a expressão da criatividade quanto para os negócios. Com seus 800 showrooms representando 3000 marcas, é o maior evento do setor", comentou Carlo Capasa, presidente da Câmara Nacional de Moda da Itália.
 
A marca do grupo napolitano Arav Fashion, John Richmond, desenhada pelo britânico homônimo, retorna às passarelas de Milão para apresentar um desfile misto em um local ainda não revelado. Mioran, marca do designer chinês Miao Ran, também vai retornar ao calendário.

Neste programa denso, não faltam grandes nomes da moda como Versace, Prada, Emporio Armani, Fendi e Pal Zileri. Também estarão presentes Marni, Billionaire, MSGM, N°21, e a marca belga Les Hommes. Entre as novidades, no entanto, se destacam as jovens marcas italianas, como United Standard, M1992, Magliano, e Numero 00, de Valerio Farina.

As marcas asiáticas também prometem marcar presença, como a marca japonesa fundada em 2010 pelo designer Shinpei Yamagishi, Bed J.W. Ford, e a grife coreana fundada em 1978 e desenhada por Christopher Bevans e Peter Brunsberg, Spyder.

Daks, Dsquared2, Frankie Morello, Isabel Benenato, M1992, Marcelo Burlon Condado de Milão, Miaoran, Neil Barrett, Sartorial Monk, Spyder e Sunnei vão permanecer fiéis aos desfiles mistos.
 
Por fim, pela primeira vez no calendário, as marcas italianas Danilo Paura, fundada em 2015 pelo designer homônimo, e Barbanera, criada em 2011 por Alessandro Pagliacci e os irmãos Sergio e Sebastiano Guardi, vão apresentar suas coleções no dia 13 Janeiro. 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.