×
160
Fashion Jobs
L'OREAL GROUP
Analista de Business Intelligence Pleno - Divisão Grande Público
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
INTJOBS
Missão Humanitária Internacional de Saúde: Todas as Especialidades
Efetivo - CLT · RIO DE JANEIRO
PUMA
IT Infrastructure Specialist
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Analista de Produtos Financeiros pl
Efetivo - CLT · São Paulo
PUMA
Key Account Manager
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Analista CRM pl - Segmentação
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Cidade de São Paulo
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Center Shopping Uberlândia
Efetivo - CLT · Uberlândia
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Del Rey
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Uberaba
Efetivo - CLT · Uberaba
AMARO
Compliance Analyst
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
MARISOL
Banco de Talentos - Desenhista
Efetivo - CLT · Jaraguá do Sul
MARISOL
Auxiliar de Estilo
Efetivo - CLT · Jaraguá do Sul
L'OREAL GROUP
Formador(a) Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
MARISOL
Operador Beneficiamento - Acabamento de Malhas
Efetivo - CLT · Jaraguá do Sul
CAEDU
Analista de Atração e Seleção jr
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Jovem Aprendiz
Efetivo - CLT · Cajamar
AMARO
Gerente de Loja Campinas
Efetivo - CLT · Campinas
L'OREAL GROUP
Analista de Laboratório (Hair da)
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
L'OREAL GROUP
Operações - Analista de Transporte Outbound
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
L'OREAL GROUP
Coordenador de Jbp - Divisão Grande Público
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
L'OREAL GROUP
Analista de Laboratório (Fotoproteção)
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
Por
Ansa
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
8 de fev de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Sears: oferta de compra do presidente Edward Lampert é aprovada

Por
Ansa
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
8 de fev de 2019

O juiz americano Robert Drain aprovou na quinta-feira (7) a venda da Sears Holding Corp. ao seu presidente Edward Lampert por 5,2 bilhões de dólares, o que permitirá que a rede evite a falência  e preserve milhares de empregos.


Reuters


425 pontos de venda permanecerão abertos e 45.000 empregos serão preservados. Números pequenos em comparação com o passado glorioso da Sears que, em um dos melhores momentos de sua história, contava com 355.000 funcionários e 3.500 pontos de venda. Mas, com o passar dos anos, os consumidores começaram migrar para as lojas de departamentos e, para a Sears, as conseqüências foram grandes: desde o início da década, a empresa acumulou perdas de mais de 10 bilhões de dólares.

Um ícone do varejo americano durante a maior parte do século 20, em 1880, a Sears era uma versão inicial da Amazon: vendia de tudo para todos através de seus catálogos entregues nos lares americanos. Livros de 1.000 páginas nos quais era possível encontrar praticamente tudo, até mesmo ópio e cocaína por um determinado período.

Em seus 125 anos de história, a empresa foi pioneira no lançamento de marcas que ainda hoje são protagonistas do mercado e, após a Segunda Guerra Mundial, ela abriu o caminho para o boom dos shoppings centers; foi a primeira rede a introduzir estacionamento em seus pontos de venda; além de ter sido também a primeira a abrir aos domingos.

As primeiras dificuldades da Sears surgiram nas décadas de 70 e 80, com a ascensão da Walmart e da Costco, às quais ela não conseguiu se defender. Depois veio a revolução da Amazon, que a derrubou.

Copyright © 2021 ANSA. Todos os direitos reservados.