×
749
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Schiaparelli: uma elegante arca de Noé na Semana da Alta-Costura

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 2 de jul de 2018
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Este foi, sem dúvida, um desfile de alta costura Schiaparelli - dos insetos zumbindo na trilha sonora às modelos usando máscaras de flamingo emplumadas.


Schiaparelli


É possível imaginar que a fundadora da marca teria amado essa coleção, que teve várias homenagens ao seu trabalho e sua paixão pelo reino animal. Do impressionante vestido moiré de seda rosa, digno de um cardeal renascentista, acompanhado por uma máscara de borboleta rosa, ao magnífico look de mulher-gato com sua mistura de estampas de guepardo, leopardo e zebra e bolsos 3D, usados por uma modelo com uma máscara felina dourada com bigodes de seis polegadas, nomeada Gattopardo, leopardo em italiano, já que, embora Schiaparelli tenha vivido e trabalhado em Nova York e, especialmente, em Paris, ela nasceu em Roma. A marca iluminou em rosa Schiapparelli até mesmo o teto de afrescos dourados do Palais Garnier. Banhando a magnífica casa de ópera sob uma luz brilhante. 
 
No meio da hiper fantasia, algumas peças excelentes. Desde o impecável terno com calça azul-safira de corte impecável, até o belo casaco jacquard com estampa de leopardo em degradê, batizado Trastevere, o bairro romano localizado às margens do rio Tibre. A isso deve-se acrescentar a aparição do crustáceo favorito de Elsa: duas lagostas de prata bordadas em um vestido de veludo azul-escuro. Não é de se admirar que o diretor criativo da casa, Bertrand Guyon, tenha nomeado a coleção de “Schiaparelli Animalia Fantasia”.

Dito isso, Elsa era uma costureira que queria que as mulheres que vestia parecessem poderosas, mas este desfile sofreu com vários problemas de guarda-roupa. Um modelo caiu de joelhos, várias tropeçaram e quatro delas foram forçadas a subir seus vestidos no final, para conseguir terminar de desfilar. Em poucas palavras, algo que nunca deveria acontecer em um desfile de alta-costura em Paris, e muito menos na Schiaparelli.
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.