×

Saint Laurent: quando a burguesia encontra o seu lado preverso

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
27 de fev de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

O segundo dia de desfiles na Semana da Moda de Paris terminou em beleza na noite de terça-feira, aos pés de uma torre Eiffel cintilante com desfile Saint Laurent très Yves e très Vaccarello. Para o próximo inverno, o diretor artístico da maison, Anthony Vaccarello, conseguiu fundir o seu estilo, sempre muito sexy, com a abordagem burguesa e institucional mais clássica de Yves Saint Laurent da década de 1990.
 

Saint Laurent, outono-inverno 2020/21 - PixelFormula


Uma impressionante série de blazers amplos de caxemira com ombros estruturados e costas largas deslizam sobre leggings em látex. Com sapatos de salto alto, a mulher de Saint Laurent está completamente confortável para caminhar num halo de luz, com as pernas moldadas e brilhantes, a passarela infinita coberta de carpete, com um olhar confiante, as mãos com luvas de couro nos bolsos dos seus grandes casacos de quadrados grandes, em cores sólidas ou cortados em tecidos masculinos.
 
A camisa de seda com laço aprimora este look elegante de Madame chic em busca de sensações fortes. A blusa fica transparente quando o vinil é vestido com uma calça de lã mais tradicional ou é substituída por um body em renda ao estilo lingerie, com decote profundo. Quando a parte superior do corpo é envolta num top em látex cor de vinho, este é combinado com uma saia envelope de comprimento médio em lã de tom camel ou xadrez Príncipe de Gales.


Saint Laurent - outono-inverno 2020 - Moda Feminina - Paris - © PixelFormula


Cada silhueta é o resultado de um equilíbrio perfeito entre um estilo e outro. Como explica Anthony Vaccarello nas suas nota da coleção: "Eu queria encontrar este equilíbrio ou tensão que define a modernidade do estilo Saint Laurent, entre o rigor controlado e a rendição ao prazer. Saint Laurent é a necessidade de elegância e perversidade. Um sem o outro seria apenas burguesia ou vulgaridade."

O vestido sensato em veludo vermelho é usado com botas até à coxa, o sobretudo maxi é deixado entreaberto para revelar um body preto em látex e meias de renda, e uma capa de lã é usada sobre um vestido de couro. O látex está em toda a parte, prendendo o corpo como se embebido em petróleo brilhante. Embora, no geral, a paleta seja escura, este guarda-roupa para o outono-inverno 2020/21 oferece uma explosão cromática de tons fortes em combinações ousadas: vermelho, violeta, fúcsia, verde, azul elétrico, roxo e cor de vinho.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.