×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
2 de jun de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Saint Laurent anuncia desfile em Veneza

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
2 de jun de 2021

Veneza está atraindo a atenção de muitas personalidades e marcas. E, especialmente de maisons de luxo. Usando a Bienal de Arquitetura como pretexto, que acaba de ser inaugurada e permanecerá aberta até 21 de novembro, várias marcas decidiram organizar eventos na cidade dos telhados vermelhos e dos canais. Como a Saint Laurent, que trabalhará com o artista multimídia americano Doug Aitken, cuja instalação servirá de pano de fundo para o seu desfile de moda masculina para a primavera-verão de 2022 no dia 14 de julho.


Veneza vista da ilha de San Giorgio - ph Dominique Muret


O diretor artístico Anthony Vaccarello "encarregou o artista de renome internacional Doug Aitken de criar uma instalação in situ de grande escala que a Saint Laurent oferecerá à cidade de Veneza e ao seu público", disse a marca da Kering em um comunicado, observando que "a obra será o cenário para o desfile de moda, em conjunto com a Bienal de Arquitetura, e permanecerá aberta ao público até 30 de julho de 2021. A Saint Laurent não revelou a localização desta instalação, que por enquanto é surpresa.
 
Há alguns dias, a Valentino anunciou a sua intenção de realizar um desfile em Veneza no dia 15 de julho. A marca italiana apresentará a sua coleção de alta-costura para o outono-inverno 2021-2022 intitulada Des Ateliers, em um local ainda secreto. "Veneza gera verdadeira e espontaneamente vibrações na arte, teatro, música, arquitetura, cinema e em tudo o que tem a ver com a criatividade. Por isso que a escolha foi natural", explicou o designer da maison, Pierpaolo Piccioli.

Assim que o 17.º Festival Internacional de Arquitetura foi inaugurado, em 22 de maio, várias outras maisons organizaram eventos culturais na cidade italiana. A Fundação Louis Vuitton, por exemplo, está realizando uma exposição sobre a arquiteta e designer francesa Charlotte Perriand e o arquiteto canadense Frank Gehry (com nacionalidade americana) no seu espaço veneziano.
 
Ao mesmo tempo, a Fundação Prada inaugurou a exposição de arte contemporânea 'Stop Painting' no seu belo palácio barroco Ca' Corner della Regina, assim chamado por Caterina Cornaro, que nasceu na cidade em 1454 e se tornou rainha do Chipre por casamento. Já a Hermès pediu aos designers holandeses Mieke Meijer e Roy Letterlé do Studio Mieke Meijer, para organizarem uma mostra do artista em sua boutique, a poucos metros da Basílica de São Marcos, através do projeto 'Fundamentals'.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.