×
894
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Saiba o que os consumidores levam em conta ao escolher uma marca de calçados de couro

Publicado em
today 16 de out de 2019
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Estudo lançado pelo IEMI - Inteligência de Mercado, em parceria com a JBS Couros, avaliou o interesse dos brasileiros no consumo de calçados de couro e de calçados sustentáveis (que geram menos perdas, que sejam recicláveis ou mais duráveis e que seus processos de produção consumam menos água ou energia ou utilizem menos substâncias prejudiciais ou tóxicas). Ao todo, foram entrevistados 1.250 consumidores acima de 18 anos e de todas regiões do país. 


Perfil típico do consumidor de calçado de couro é homem, acima de 45 anos, pertencente às classes A e B - Unsplash


A pesquisa demonstra que 25% dos brasileiros adquiriram calçados de couro em sua última compra e desses 55% (ou 14% do total) afirmam que o fato de o calçado ser de couro teve um peso relevante na escolha. Com relação ao calçado sustentável, 45% dos consumidores acreditam ter adquirido um produto com essa característica em sua última compra. Dentro deste grupo, 42% (ou 19% do total) afirmam que a sustentabilidade foi um fator muito relevante à escolha no momento da compra.

Independentemente do tipo de calçado, entre os principais atributos que mais agradam os consumidores na hora de escolher uma marca, estão a qualidade do produto (57%), o preço acessível (50%) e o produto “calçar bem” (49%). Em termos de design, o produto é bem avaliado, mas ainda pode se diferenciar mais, provavelmente por conta do apelo atemporal explorado pelas marcas que ofertam o produto no mercado e que agrada a maioria dos consumidores.


Atributos na escolha da marca - Divulgação / IEMI


Entre as principais razões que fazem com que os consumidores deixem de comprar determinadas marcas, as mais apontadas foram: o produto não encantar, os preços altos em relação à qualidade ofertada e empregar trabalhadores em condições degradantes. Demais assuntos relacionados ao meio ambiente e à responsabilidade social também foram bastante considerados pelos consumidores.

Segundo o IEMI, a média de valor pago por um calçado de couro é de R$ 318,62 e por um calçado de outros materiais é de R$ 221,79. O estudo ainda aponta que a frequência média de compra para os calçados de outros materiais é de 3,8 vezes por ano, enquanto que os consumidores que adquiriram calçados de couro apresentam uma frequência média superior, de 4,4 compras/ano. De todos os participantes, 65% dos consumidores pagariam mais por um calçado de couro e 58% estariam dispostos a pagar mais por um calçado sustentável. Na média, os entrevistados afirmaram que pagariam até 25% a mais por um produto de couro e sustentável.

De acordo com a pesquisa do IEMI, é possível concluir que o perfil típico do consumidor de calçado de couro é homem, acima de 45 anos, pertencente às classes A e B. As mulheres totalizaram 60% dos consumidores de calçados em geral, contra 40% dos homens, independentemente do tipo de produto que compraram. Na comparação entre a compra de calçados de couro e de outros materiais, 23% das mulheres optaram pelo de couro, já entre os homens, 29% optaram por esse tipo de produto. 

No comparativo da escolha por calçados de couro versus calçados de outros materiais, mais de 40% dos consumidores com idade acima de 45 anos escolheram o couro natural. Já entre os jovens de 18 a 24 anos, essa proporção foi bem menor, em torno de 12%, devido aos modelos de calçados que utilizam no seu dia a dia: mais informais; em geral, tênis, sandálias e outros produtos com materiais têxteis ou sintéticos. “Analisando a participação dos calçados de couro nos perfis do comportamento de consumo dos brasileiros, observa-se que o produto é muito desejado pelo público em geral, mas há uma enorme oportunidade para ampliar o engajamento dos consumidores mais jovens, em que o maior atrativo pode ser os calçados fabricados com couros sustentáveis”, afirma o diretor do IEMI, Marcelo Prado.

Os consumidores das classes A e B somam 78% dos que optaram, em sua última compra, pelo calçado de couro, em vez de outros materiais, por ser tratar de um público que preza mais pela qualidade do produto.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.