×

Rochas e Alessandro Dell'Acqua terminam contrato

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 9 de dez de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Após seis anos, a bem-sucedida colaboração entre a Rochas e Alessandro Dell'Acqua chega ao fim. O contrato entre a marca propriedade da Interparfums e o designer de origem napolitana, que dirige a sua linha de prêt-à-porter feminino desde 2013, não será renovado, revelou uma fonte próxima da maison à FashionNetwork.com. No seu último desfile, em setembro em Paris, Alessandro Dell'Acqua criou uma coleção inesperada, saturada de cores energéticas. O nome do seu sucessor ainda não é conhecido.


Alessandro Dell'Acqua durante o último desfile da Rochas - © PixelFormula

 
Nomeado diretor artístico da moda feminina da marca em setembro de 2013, o designer desvendou a sua primeira coleção para a Rochas nas passarelas parisienses em fevereiro de 2014. Muito rapidamente, o seu estilo hiperfeminino e sofisticado aderiu ao espírito Rochas, com Alessandro Dell'Acqua a conseguir modernizar os códigos da casa de moda, preservando a sua elegância aristocrática sóbria e refinada. O seu contrato foi renovado três anos depois, em 2016.
 
O prolífico designer, de 56 anos, começou muito cedo a sua carreira, como diretor criativo da Genny, com apenas 23 anos. Ao longo dos anos, trabalhou para La Perla, Brioni, Malo e Les Copains. No ano passado, assinou uma colaboração com a Tod’s. Três anos antes, esteve envolvido noutra colaboração com a Kartell, fazendo a Knot, uma sandália de borracha com grandes nós que foi um sucesso.

Agora, Alessandro Dell'Acqua quer focar mais na sua própria marca, a Nº 21, que lançou em 2010, depois de perder o direito de explorar a sua primeira marca, batizada com o seu nome, criada em 1996. Em menos de dez anos, a sua marca de prêt-à-porter feminino, detida em 30% pela Gilmar, explodiu, atingindo um volume de negócios de quase 60 milhões de euros. A linha masculina, lançada em 2014, que desfilou com a feminina em setembro passado, regressará ao calendário masculino de Milão em janeiro. Segundo fontes do setor, a marca estará à procura de novos investidores para acelerar o seu desenvolvimento.
 
Criada em 1925 por Marcel Rochas, antes da chegada de Alessandro Dell'Acqua a maison de moda francesa foi dirigida por Olivier Theyskens em 2002 e depois por Marco Zanini, em 2008. Foi nessa altura que a gestão da linha de prêt-à-porter feminina foi confiada em licença ao Onward Luxury Group (OLG), a filial de luxo do grupo japonês com sede em Milão. Quanto à marca, que em 2003 passou a fazer parte da americana Procter & Gamble, esta regressou a França quando foi adquirida em 2015 pela Interparfums.

Após a coleção feminina, a linha masculina da Rochas foi, por seu lado, relançada em 2017 e é desde janeiro de 2019 também gerida sob licença pelo Onward Luxury Group. Desenhada por Federico Curradi, dará os primeiros passos nas passerelas parisienses em janeiro.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.