×
Por
AFP
Publicado em
18 de nov. de 2016
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Robertet: faturamento em alta de 9% em nove meses, puxado por França e Brasil

Por
AFP
Publicado em
18 de nov. de 2016

O grupo Rebertet, um dos líderes mundiais dos materiais aromáticos para a perfumaria e setor agroalimentar, sediado em Grassa, França, viu seu volume de negócios trimestral avançar 6,6%, para mais de 116 milhões de euros (425,40 milhões de reais), e 9% no acumulado dos nove meses, para aproximadamente 356 milhões de euros (1.305 bilhão de reais), em razão da sua atividade na França e no Brasil.

Visual do site - Robertet


Esta evolução se deve basicamente, como no primeiro semestre, "às empresas francesas Robertet e Charabot, bem como às filiais sul-americanas e, em particular, aos excelentes resultados registrados no Brasil", apontou o grupo num comunicado lançado esta semana.
 
"A ligeira diminuição do crescimento registrada no terceiro trimestre era esperada dado que a referência de 2015 era bastante alta. Provavelmente será a mesma para o último trimestre sem colocar em causa as previsões globais para o exercício 2016" acrescentou o grupo.

No terceiro trimestre, a divisão de matérias-primas viu suas vendas avançarem 2,61%, para mais de 28 milhões de euros, a divisão Perfumaria 9,59%, para 44 milhões de euros, e a divisão de aromas alimentares 6,8% para 43 milhões de euros.
 
Robertet, que realiza 85% do seu faturamento no mercado internacional, adquiriu nos fins de outubro a Bionov, uma empresa especializada na produção de uma enzima antioxidante a partir do melão.
 
Seu CEO, Philippe Maubert, recebeu em meados de setembro o prêmio da Audace Créatrice, conferido todos os anos a uma empresa inovadora.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.