Riô planeja 60 lojas próprias em cinco anos

Tudo começou em 2012 com uma linha de perfumes. Mas a Riô cresceu e virou uma marca brasileira de biocosméticos que está investindo em tecnologia para competir com concorrentes internacionais. Para isso, vem buscando entender as demandas de beleza das brasileiras para desenvolver produtos “tropical friendly”, elaborados em colaboração com conceituados laboratórios.


Riô: produtos elaborados com insumos naturais reproduzidos em laboratório - Divulgação

As matérias-primas extraídas da natureza são reproduzidas em laboratório, em um processo semelhante ao das células-tronco. Os produtos são todos biodegradáveis e, segundo a marca, estão livres de mais de 2000 substâncias potencialmente tóxicas, mas ainda amplamente utilizada pela indústria cosmética. 

Com um investimento divulgado de R$ 25 milhões, a marca foi relançada em dezembro do ano passado tendo em seu portfólio 28 itens de cuidados com a pele e perfumaria. Além do e-commerce próprio, eles podem ser adquiridos com exclusividade nas lojas Sephora. A parceria com a multimarca de beleza é de longo prazo e deve se ampliar para diferentes países onde ela opera.

Além disso, segundo o site "Brazil Beauty News", a Riô tem em seus planos a abertura de lojas próprias. São esperadas 60 unidades em um período de cinco anos, começando a partir do segundo semestre de 2020, quando o catálogo da marca já deve contar com 150 produtos. Apesar dos planos de expansão, a empresa, que atualmente terceiriza toda sua produção, não almeja uma fábrica própria, de acordo com a publicação.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

BelezaNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER