×
Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
27 de set. de 2019
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Richemont compra joalheira italiana Buccellati à chinesa Gangtai Holding

Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
27 de set. de 2019

O grupo suíço Richemont, número dois mundial do luxo, anunciou esta sexta-feira a aquisição da joalheira italiana Buccellati ao grupo chinês Gangtai Holding, sem no entanto revelar o valor da transação.


Fachada da nova loja da Buccellati na rue Saint-Honoré, em Paris - DR


A aquisição foi finalizada dia 26 de setembro e não terá um impacto significativo nos seus ativos líquidos consolidados ou no seu resultado operacional para o exercício em curso (que encerra a 31 de março de 2020), indicou a Richemont em comunicado.
 
"A Buccellati é uma das raras casas no dinâmico mercado da joalharia de marca que complementa as nossas marcas de joalharia existentes", declarou o seu presidente, o multimilionário sul-africano Johann Rupert, citado no comunicado.

Proprietário das marcas Cartier e Van Cleef & Arpels, o grupo Richemont, que rivaliza com a francesa LVMH, número um do setor, gera metade do seu volume de negócios em joalharia.

Fundada em 1919, a Buccellati é famosa pelas suas joias inspiradas especialmente na Renascença e por aplicar técnicas da ourivesaria à joalharia, trabalhando nomeadamente o ouro como renda.
 
Em 2017, a joalheira italiana ficou sob controle chinês quando a Gangtai Holding adquiriu 85% das ações anteriormente detidas pelo fundo de investimento Clessidra e pela família Buccellati.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.