Revendedores da Natura e do grupo Boticário terão contas digitais e 'maquininhas' de cartão

Os revendedores de Natura e de O Boticário terão contas bancárias digitais abertas pelas empresas de cosméticos. O intuito dos grupos é facilitar o fluxo de caixa desses profissionais e ampliar as possibilidades de pagamento de clientes, substituindo aos poucos o dinheiro e o cheque por cartões e boletos.


Revendedoras Natura agora terão contas digitais - Divulgação Natura

A Natura, que negocia a aquisição da Avon, firmou parceria com o Santander. Atualmente, cerca de 40% de seus consultores não têm conta bancária. No primeiro semestre de 2019, a marca pretende disponibilizar a Conta Natura para a rede de 1,1 milhão de profissionais.

Em uma conta totalmente digital, com interface embarcada no site e no aplicativo Natura desenvolvidos para as consultoras, será possível ter acesso a serviços bancários como cartão Natura, saques, depósitos e transferências, além de maquininha para pagamentos com cartões de crédito e debito, com condições exclusivas e diferenciadas. Outra novidade é a possibilidade de contratar microcrédito diretamente no aplicativo das consultoras, que poderá ser utilizado apenas para as compras de produtos Natura. A iniciativa, uma operação inovadora de microcrédito digital do país, visa a oferecer crédito para que as consultoras invistam na expansão e profissionalização de sua atividade. 

A Natura já tem 50 mil consultoras com as "maquininhas", mas a partir de maio, só quem tiver a conta digital no Santander poderá dispor do equipamento. Para as novas correntistas não se endividarem, só poderão gastar nas funções débito ou crédito o saldo que estiver disponível na conta.

No Grupo Boticário, que engloba as marcas Eudora e O Boticário, os revendedores terão uma conta digital por meio da qual poderão emitir boletos bancários e gerar códigos para envio por SMS, Whatsapp e e-mail, além de uma maquininha para receber pagamentos em crédito e débito. Além disso, receberão o próprio cartão de débito com o qual poderão fazer compras de produtos das marcas no espaço virtual do revendedor, por exemplo. A bandeira ainda não foi divulgada. Também será possível sacar os pagamentos nos terminais do Banco 24 horas. 

O desenvolvimento foi realizado pela unidade de serviços financeiros Mooz, que atua como uma subcredenciadora fazendo antecipação de recebíveis para 90% dos franqueados. Os testes ocorrem desde janeiro, e o lançamento será em maio.

Os aplicativos permitirão que os profissionais acompanhem as vendas em tempo real, inclusive, identificando os valores futuros a receber de boletos ou crédito. Com esses equipamentos, espera-se que os revendedores reduzam a venda fiado. 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

BelezaNegóciosInovações
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER