Resultados da Coty superam estimativas graças à demanda por fragrâncias de luxo

A empresa especializada em beleza Coty Inc., divulgou na quarta-feira (9) resultados trimestrais que superam as estimativas dos analistas, graças às vendas de seus perfumes de luxo, como as fragrâncias Burberry Beauty e Gucci Bloom.​


Photo: Burberry

Impulsionada pelo forte crescimento de grifes como Chloé e Tiffany & Co, as vendas do segmento de beleza de luxo aumentaram 19%, para 752,5 milhões de dólares no terceiro trimestre, encerrado em 31 de março.

Antes uma fabricante de fragrâncias, a Coty adquiriu mais de 40 marcas, incluindo Wella, CoverGirl e Max Factor, da Procter & Gamble, e adicionou a marca de maquiagem Younique e a marca de utensílios para cabelos GHD para atrair clientes mais jovens.

O prejuízo líquido atribuível à Coty Inc diminuiu para 77 milhões de dólares ou 10 centavos por ação, de uma perda de 164,2 milhões de dólares ou 22 centavos por ação, um ano antes.

A Coty, que está relançando algumas marcas da P&G, como CoverGirl e Wella, reportou uma queda de cerca de 73% nos custos de reestruturação no trimestre.

Excluindo itens únicos, a empresa ganhou 13 centavos por ação, superando a estimativa média dos analistas em 1 centavo, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

As vendas aumentaram 9,4%, para 2,22 bilhões de dólares, superando a estimativa de analistas de 2,17 bilhões de dólares.

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2019 Todos os direitos reservados.

PerfumesCosméticaEstéticaBem-estarNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER