×
751
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Receitas da PVH aumentam 4%, impulsionadas pela marcas Calvin Klein e Tommy Hilfiger

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 29 de mai de 2017
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A PVH Corp. reportou um aumento de 4% nas vendas para 2 bilhões de dólares no trimestre, em comparação com o mesmo período do ano passado. O aumento foi impulsionado pelas performances das marcas Calvin Klein e Tommy Hilfiger, apesar da diminuição nas receitas das Heritage brands da PVH.


Calvin Klein


Apesar do resultado, o lucro líquido teve uma queda dramática, terminando com 70,1 milhões de dólares no trimestre, abaixo dos 231,6 milhões de dólares obtidos no mesmo período do ano passado. O grupo atribuiu essa queda a uma série de despesas importantes, como os 7 milhões de dólares investidos na mudança de escritórios da Tommy Hilfiger em Nova York, e um acordo de 54 milhões de dólares com a Li & Fung, para reorganizar a cadeia de suprimentos da PVH na China.

As receitas da Tommy Hilfiger aumentaram 6%, para 842 milhões de dólares, enquanto a Calvin Klein teve aumento de 5% para 756 milhões de dólares. Ambas tiveram performance ainda melhor no mercado internacional, com rendimentos da Tommy Hilfiger subindo 15%. Apesar dos recentes resultados da Calvin Klein no México, a marca ainda conseguiu um aumento de 11% nas receitas internacionais graças ao seu crescimento na China e na Europa.

"Continuamos vivendo um bom momento em nossas marcas Calvin Klein e Tommy Hilfiger, que nos permitiu superar as vendas projetadas e lucros do primeiro trimestre, apesar de volatilidade da economia e do mercado altamente promocional nos EUA”, comentou o presidente e CEO da PVH, Emanuel Chirico.

As marcas Heritage do grupo americano, que incluiu Warner e Speedo, tiveram queda de 3% para 391 milhões de dólares. A PVH atribuiu os ganhos baixos devido à mudança no calendário de entregas e a descontinuidade de certas marcas de licenciamento. 

Tanto a Tommy Hilfiger quanto a Calvin Klein conseguiram manter um alto nível em suas recentes campanhas e parcerias. A Tommy Hilfiger anunciou que vai continuar sua bem-sucedida parceria com a modelo americana, Gigi Hadid. A Calvin Klein, agora sob a direção do ex-diretor de criação da Dior, Raf Simons, contratou Paris Jackson (filha de Michael Jackson) como o novo rosto da marca, e lançou campanhas com nomes de peso, como Lauren Hutton e os atores do elenco do filme vencedor do Oscar deste ano, "Moonlight". 

A PVH espera que as receitas de suas marcas patrimoniais permaneçam estáveis durante o resto do ano. A empresa prevê aumento de 6% nas receitas da Calvin Klein, e 2% nas da Tommy Hilfiger, o que permitiria um aumento de 3% na projeção de receita consolidada, acima da projeção inicial de 2%. 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.