×
Publicado em
28 de jan. de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Receita do setor nacional de franquias registrou crescimento de 7% em 2018

Publicado em
28 de jan. de 2019

De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), após um ano de queda, o setor registrou aumento de 7% em 2018. Moda, Saúde, estética e beleza, e moda estão entre os segmentos que mais cresceram. O número de empregos do setor também aumentou (+8%), atingindo 1,3 milhão de trabalhadores.



Segundo relatório da ABF, em 2018, houve crescimento de 5% no número de unidades franqueadas e +1% nas redes. Para 2019, a ABF anunciou que estima aumento de 8 a 10% no faturamento, + 5 a 6% nas unidades, +1% nas redes, e + 5% nos empregos. 

A rede O Boticário, do segmento de saúde, beleza e bem-estar, foi a que registrou o maior número de franquias em 2018, com 3.724 pontos de venda. No top 50 da ABF também marcaram presença as marcas Óticas Carol (13º), Óticas Diniz (14º), Chilli Beans (21º), Hering Store (23º), Hinode (29º), Havaianas (30º), Drogarias Farias (32º), Arezzo (33º), Carmen Steffens (34º), e Piticas Moda Criativa (46º). O Sudeste, em especial São Paulo, foi a região com maior número de franquias no ano passado.

Quanto ao formato das operações de franquias, o relatório da ABF ainda ressalta que as maiores redes estão investindo na expansão por meio de outros formatos, como quiosques, unidades móveis e operações home based. Em 2018, o percentual de lojas tradicionais diminuiu de 91% para 88%, enquanto outros formatos cresceram de 9% para 12%.

O número de marcas brasileiras no exterior - considerando todos os formatos de operação internacional - também aumentou, passando de 142 marcas em 100 países em 2017, para 145 em 114 países em 2018. Moda foi o segmento com maior presença, com 34 marcas, e saúde, beleza e bem estar o segundo, com 28 marcas. Os Estados Unidos continua sendo o país com maior número de marcas brasileiras, com 59 grifes, Portugal é o segundo com 34, e Paraguai o terceiro, com 32.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.