×
Publicidade
Por
UseFashion
Publicado em
20 de out. de 2010
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Realidade aumentada: novos usos em vitrines

Por
UseFashion
Publicado em
20 de out. de 2010

Já comentada nos últimos anos pela UseFashion, a realidade aumentada teve suas maiores incursões no mundo da moda ao longo de 2010. Nas vitrines, o exemplo mais recente remete ao projeto Tissot, feito em maio deste ano, em que clientes não precisavam entrar na loja para experimentar relógios.

 



Agora, iniciativas recentes demonstram que o aspecto realmente interativo da tecnologia começa a assumir formas no varejo. Através de códigos de realidade aumentada, o botão "Curtir" (Like, em inglês) do Facebook migrou da popular rede social para a realidade.

A empresa belga Boondoggle Lifelabs criou um novo serviço chamado Likify, no qual adesivos com realidade aumentada são fixados pelos comerciantes em produtos ou vitrines. Clientes com smartphones podem ler o código e então "curtir" o que está adesivado, para que os amigos de sua rede saibam.

Na Bélgica, a Nike já está utilizando os códigos em uma campanha para promover seus tênis de corrida. Adesivos específicos espalhados pela cidade formam trajetos com figuras diferentes, como a cabeça de um cachorro. Conforme a pessoa passa pelos locais marcados, pode "curtir" os pontos adesivados.

Essas tentativas mostram o interesse da moda pelas tecnologias recentes, mas especialistas afirmam que estes recursos só chamam atenção se o consumidor ganha algo com a experiência, além da experiência. Iniciativas como esta ainda dependem de smartphones e internet móvel, então são ainda mais tímidas em países menos desenvolvidos.


Fotos: Reprodução e Divulgação
Eduardo Pedroso

Copyright © 2021 UseFashion. Todos os direitos reservados.