×
Por
Agência LUSA
Publicado em
5 de abr. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Ralph Lauren vai eliminar empregos e encerrar lojas nos EUA

Por
Agência LUSA
Publicado em
5 de abr. de 2017

O grupo de vestuário norte-americano Ralph Lauren vai eliminar empregos e fechar lojas nos Estados Unidos, incluindo um emblemático espaço na 5.ª Avenida, em Nova York, no quadro de um plano de poupança.

Polo Ralph Lauren vai fechar a loja na Quinta Avenida em Nova York - pinterest.com


A marca norte-americana não deu detalhes sobre o número de empregos afetados nem sobre o número de lojas que serão encerradas. Limitou-se, num comunicado divulgado hoje, a explicar que vai reduzir os seus efetivos, fechar escritórios e espaços comerciais.

Em junho, a Ralph Lauren tinha anunciado a eliminação de mil empregos e o encerramento de 50 lojas.

As medidas anunciadas hoje visam economizar perto de 140 milhões de dólares (cerca de 131 milhões de euros) durante o ano fiscal que termina em 31 de março de 2018.

No entanto, vão ter um custo de 370 milhões de dólares, incluindo indenizações por despedimento, quebras de contratos de arrendamento e depreciação de ativos.

Uma das medidas simbólicas deste plano de austeridade é o encerramento da loja da marca Polo situada na 5.ª Avenida, no centro de Manhattan, em Nova Iorque.

A Ralph Lauren, que vai manter sete lojas em Nova Iorque, explica que a decisão vai permitir-lhe refletir sobre outros conceitos de espaços comerciais para atrair consumidores que fazem cada vez mais compras 'online'.

Como a maior parte das marcas de prêt-à-porter norte-americanas - Gap, Urban Outfitters, American Eagle, Abercrombie & Fitch -, a Ralph Lauren tem sido afetada pela concorrência da H&M e da Zara.

Copyright © 2022 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.