×
140
Fashion Jobs
CAMICADO
Product Owner - E-Commerce - Aplicativo App Mobile - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Analista de Business Intelligence bi - Tecnologia - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Product Owner - Operações de E-Commerce - Site/ App - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Product Owner - E-Commerce - Site - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Product Owner - E-Commerce - Omnichannel - Camicado
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Analista de CRM
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Coordenador de Trade Marketing
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Buyer
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Buyer
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Cidade de São Paulo
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Center Shopping Uberlândia
Efetivo - CLT · Uberlândia
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Del Rey
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Uberaba
Efetivo - CLT · Uberaba
AMARO
Compliance Analyst
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
CHILLI BEANS
Vendedor/Consultor Optico
Efetivo - CLT · Taboão da Serra
CHILLI BEANS
Vendedor de Loja Chilli Beans sp Market Quiosque
Efetivo - CLT · São Paulo
CHILLI BEANS
Chilli Beans Londrina
Efetivo - CLT · Londrina
CHILLI BEANS
Vendedor de Loja
Efetivo - CLT · São Paulo
CHILLI BEANS
Vendedor
Efetivo - CLT · Porto Alegre
CHILLI BEANS
Gerente Loja/Quiosque Shopping - Foz do Iguaçu
Efetivo - CLT · Foz do Iguaçu
CHILLI BEANS
Gerente de Vendas
Efetivo - CLT · Vitória
CHILLI BEANS
Vendedor
Efetivo - CLT · Porto Alegre

PwC: Da indústria da moda, a 1,45 milhões de máscaras por dia

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de mar de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Segundo dados divulgados pela PwC, adepta do projecto desde o início, graças ao memorando de entendimento entre Confindustria Moda e CNA Federmoda, elaborado pelo Sportello Amianto Nazionale, em três semanas, o sistema de moda será capaz de produzir 1,45 milhões de máscaras por dia, contra a produção atual de 350 mil.


Piero Iacomoni, fundador da Monnalisa, com a mulher, Barbara Bertocci, diretora criativa da marca, decidiram abraçar a produção de máscaras


"Após 96 horas do decreto, 15% das empresas candidatas no circuito da moda já reconverteram a sua produção". Os demais estão a aguardar testes da Politecnici e/ou autorização do Ministério. As previsões indicam que, após o processo de autorização pelo Ministério, a produção em massa de máscaras aumentará de 200 mil unidades por dia para 700 mil unidades por dia, nas próximas três semanas", lê-se na nota da filial.

Entre as empresas que, nas últimas horas anunciaram a conversão da sua produção para a de máscaras sanitárias, a Monnalisa, especialista em vestuário infantil de luxo, anunciou que destinou parte do trabalho à produção de máscaras cirúrgicas em tecido. O primeiro lote de dispositivos médicos descartáveis já foi entregue ao governo local e às agências policiais; esta semana uma parcela de 2.000 dispositivos médicos será entregue à Azienda USL Toscana Sud-Est, para as necessidades do pessoal médico e paramédico.

Outra marca de roupa histórica italiana, a Peuterey, anunciou que começou a produzir máscaras para doar às comunidades vizinhas toscanas na sua sede em Altopascio (LU).

Na frente internacional, a marca francesa Sandro iniciou a produção de máscaras, utilizando o tecido em excesso das coleções anteriores; nos próximos dias serão distribuídas cerca de 10.000 máscaras para o pessoal não médico dos hospitais.

O especialista espanhol em tecnologia de calçado, Callaghan, decidiu usar a sua experiência em impressão laser 3D para a produção de suportes de serigrafia para máscaras médicas.


Peuterey iniciou a produção de máscaras na sede de Altopascio (LU)


Há também aqueles que não produzem as máscaras por si sós, mas optam a doação das mesmas, como a marca de roupa japonesa Uniqlo, que fornecerá 1 milhão de máscaras a Milão e 400 edredões para os voluntários que servem nesta cidade.

O Redstone, grupo de luxo chinês que representa marcas italianas como Giada, Curiel e Gabriele Colangelo, forneceu através da fundação sem fins lucrativos Santarelli 20.000 máscaras para hospitais e residentes de Roma. Além disso, com a ajuda e coordenação do Consulado Geral da Itália na China, o Redstone continua a enviar dezenas de milhares de máscaras (100.000 confirmadas até agora) para funcionários das suas marcas em Itália.


I prodotti igienizzanti di Mavive


Mas, a emergência sanitária, não inclui apenas máscaras, mas também outros dispositivos médicos, tais como batas e gel desinfectante. A histórica empresa de perfumaria Mavive, sediada na região de Veneto, converteu parte da alta produção de perfumaria em produtos higienizantes e, a partir da próxima semana, 700.000 a 1,5 milhões de produtos serão distribuídos no mercado a um preço baixo.

Também a empresa suíça Arval, fundada nos anos 50 pelo dermatologista Virgilio Vitali, e especializada na produção por terceiros de prestigiadas marcas de cosméticos, em apenas três dias adaptou parte da produção normal ao fornecimento de gel hidroalcoólico.

Finalmente, a marca canadiana de roupa, Canada Goose, decidiu utilizar duas das suas fábricas de produção, em Toronto e Winnipeg, para produzir uniformes para profissionais da saúde e batas para pacientes, com o objectivo de produzir 10.000 peças de vestuário.
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.