×
492
Fashion Jobs
PUMA
E-Commerce Technology & Projects Specialist
Efetivo · São Paulo
FARFETCH
Account Manager Pleno
Efetivo · SÃO PAULO
RENNER
Product Owner (po) - Omni
Efetivo · São Paulo
RENNER
Product Manager (pm) - Marketplace
Efetivo · São Paulo
RENNER
Fashion Buyer / Comprador(a)
Efetivo · Porto Alegre
RENNER
Fashion Buyer - Comprador(a)
Efetivo · Porto Alegre
ADIDAS
Key Account Manager
Efetivo · Santana de Parnaíba
AMARO
Buyer & Developer
Efetivo · São Paulo
PAQUETA CALÇADOS
Analista de Business Intelligence
Efetivo · Canoas
PAQUETA CALÇADOS
Comprador
Efetivo · Sapiranga
AMARO
E-Commerce Manager
Efetivo · São Paulo
AMARO
Group Product Manager (Business Growth)
Efetivo · São Paulo
CAEDU
Analista Produtos Financeiros sr
Efetivo · São Paulo
YOUCOM
Consultor de Vendas (São Paulo) | Youcom
Efetivo · São Paulo
YOUCOM
Gerente de Loja Especializada (Mogi Das Cruzes - sp) | Youcom
Efetivo · Mogi das Cruzes
YOUCOM
Gerente de Loja Especializada (São José Dos Campos) | Youcom
Efetivo · São José dos Campos
YOUCOM
Consultor de Vendas Belo Horizonte | Youcom
Efetivo · Belo Horizonte
YOUCOM
Consultor de Vendas (Porto Alegre/ Barra Shopping) | Youcom
Efetivo · Porto Alegre
YOUCOM
Consultor de Vendas Sênior (Belo Horizonte) | Youcom
Efetivo · Belo Horizonte
YOUCOM
Gerente de Loja Especializada (São Paulo) | Youcom
Efetivo · São Paulo
YOUCOM
Consultor de Vendas Sênior (São Paulo - Center Norte) | Youcom
Efetivo · São Paulo
YOUCOM
Consultor de Vendas Londrina | Youcom
Efetivo · Londrina
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
29 de mar. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

PVH registra lucros recordes graças à Calvin Klein e Tommy Hilfiger

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
29 de mar. de 2018

O grupo americano, PVH, publicou na quarta-feira, 28, resultados trimestrais e anuais melhores do que o esperado, graças ao bom desempenho de suas marcas Calvin Klein e Tommy Hilfiger, apesar de uma ligeira queda nos lucros. Para o ano fiscal de 2017/18, encerrado em 4 de fevereiro, o grupo de vestuário registrou um faturamento recorde de 8,9 bilhões de dólares, um aumento de 9% em relação ao ano anterior, enquanto o lucro líquido diminuiu 2%, para 537,8 milhões de dólares.


Kim Kardashian para Calvin Klein - Facebook: Calvin Klein


"Estamos muito satisfeitos com os resultados que obtivemos no quarto trimestre e no ano fiscal de 2017, pois eles superaram as previsões e os nossos objetivos de longo prazo, graças ao bom desempenho de nossas marcas Tommy Hilfiger e Calvin Klein", disse Emanuel Chirico, CEO do grupo, que mencionou que irá manter os investimentos em digital e marketing para continuar aproveitando o brand power das marcas mais fortes da companhia.

O aumento da receita em relação ao mesmo período do ano anterior se deve, principalmente, ao crescimento de 10% da marca Calvin Klein, graças às fortes vendas na Europa e na China, apesar das vendas comparáveis ​​da marca na América do Norte terem diminuído 1%. As vendas comparáveis ​​aumentaram 6% no mercado externo.

A Tommy Hilfiger também contribuiu significativamente para o crescimento do grupo, registrando um aumento de 11% em relação ao ano anterior. Suas vendas aumentaram 8% internacionalmente e 3% na América do Norte. Por outro lado, as receitas da divisão Heritage Brands, que inclui marcas como Speedo, Arrow, Van Heusen, entre outras, ficaram estagnadas.

No quarto trimestre, as vendas da PVH aumentaram 19%, para 2,5 bilhões de dólares, ante 2,11 bilhões de dólares no ano anterior. No período, as vendas da Calvin Klein subiram 23%, para 977 milhões de dólares, com um aumento de 33% nas exportações, para 512 milhões de dólares, em comparação com um aumento de 13% na América do Norte. As vendas da Tommy Hilfiger cresceram 22% para 1,1 bilhão de dólares, com aumento de 37% internacionalmente e de 5% na América do Norte.

Para 2018, a PVH espera um crescimento de 7% nas vendas, com aumento de 9% na Calvin Klein e de 8% na Tommy Hilfiger. "Acreditamos que o brand power da Calvin Klein e da Tommy Hilfiger nos coloca em uma posição forte no mercado contra nossos concorrentes e continuará impulsionando o crescimento, como indicamos em nossa previsão para 2018. Em um momento em que, assim como muitas outras grandes empresas, enfrentamos dificuldades geopolíticas, o poder de nossas marcas, nossas estratégias e, especialmente, nossas equipes, vão continuar levando o nosso grupo adiante", concluiu Emanuel Chirico.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.