×
Publicidade
Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
4 de set. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

PVH registra ganhos surpreendentes com aumento da demanda por roupas casuais

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
4 de set. de 2020

A PVH Corp anunciou que registrou ganhos trimestrais surpreendentes, uma vez que se beneficiou da forte demanda por roupas confortáveis ​​e casuais, impulsionada pelo aumento do teletrabalho devido à pandemia de Covid-19.


A PVH, que também é proprietária da Van Heusen, gerou um lucro total de 1,58 bilhão de dólares no segundo trimestre de seu ano fiscal, encerrado em 2 de agosto. - Calvin Klein


O grupo proprietário das marcas Calvin Klein e Tommy Hilfiger também projetou tendências de vendas encorajadoras na China e na Europa para os próximos meses, e prevê que a receita na segunda metade do ano fiscal cairá 25%, uma queda inferior à registrada no segundo trimestre (33%). 

No entanto, os negócios da empresa na América do Norte continuam sob pressão devido ao ressurgimento das infecções por coronavírus, à falta de tráfego de turistas e à queda nas remessas para lojas de departamentos.

PVH, que também é proprietária da marca Van Heusen, obteve uma receita total de 1,58 bilhão de dólares no segundo trimestre de seu ano fiscal, encerrado em 2 de agosto, superando as estimativas dos analistas de 1,25 bilhão de dólares. As vendas online em canais próprios aumentaram 87%.

A empresa informou que registrou um prejuízo líquido atribuível de 51,4 milhões de dólares, ou 72 centavos por ação, em comparação com um lucro de 193,5 milhões de dólares, ou 2,58 dólares por ação, um ano antes. Excluindo certos itens, a empresa ganhou 13 centavos por ação, em comparação com a estimativa média dos analistas de uma perda de 2,43 dólares, segundo dados IBES da Refinitiv.

© Thomson Reuters 2021 Todos os direitos reservados.