×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de fev. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

PVH Corp fecha a maioria de suas lojas na China em resposta ao surto de coronavírus

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de fev. de 2020

A empresa sediada em Nova York anunciou na quarta-feira (12) o fechamento da “maioria” de suas lojas Tommy Hilfiger e Calvin Klein na China em resposta ao surto de coronavírus, e forneceu uma atualização sobre o impacto estimado da epidemia em suas finanças e operações.


A PVH controla as marcas Calvin Klein e Tommy Hilfiger. - Instagram: @tommyhilfiger

 
“Estamos monitorando de perto a situação na China. Nossa prioridade é o bem-estar de nossos funcionários e parceiros de negócios, suas famílias e comunidades locais, e nosso coração está com aqueles que foram afetados pelo coronavírus”, declarou em comunicado o presidente e CEO da PVH Corp, Emanuel Chirico.

Além de revelar o fechamento generalizado de suas lojas no país, algumas das quais foram conduzidas de acordo com as restrições impostas pelo governo, a PVH Corp também disse que as lojas chinesas que permaneceram abertas estão operando por horas limitadas e sofrendo uma redução significativa no fluxo de clientes e nas vendas.

Atualmente, espera-se que a Grande China represente cerca de 7% da receita anual da empresa em 2019, enquanto a região da Ásia-Pacífico deve contribuir com cerca de 16%. Além disso, aproximadamente 20% do suprimento global do grupo é proveniente da China, sendo 10% direcionado para os Estados Unidos.

Com isso em mente, a PVH anunciou que agora estima que seus ganhos no quarto trimestre e no ano de 2019 fiquem abaixo da previsão relatada anteriormente, mas ainda não forneceu números específicos. A empresa anunciou anteriormente que esperava atingir uma perda por ação de cerca de 0,20 centavos no quarto trimestre e um lucro anual por ação de aproximadamente 6,32 dólares em 2019.

A PVH Corp se une à empresas como VF Corp., Nike, Adidas, Skechers e Burberry, que anunciaram o fechamento de suas operações na China devido ao surto de coronavírus no país.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.