×
Publicado em
30 de jun. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Puma anuncia retorno físico e digital à Semana da Moda de Nova York

Publicado em
30 de jun. de 2022

Puma aposta nos Estados Unidos. A fabricante alemã de equipamentos esportivos, cuja proposta de lifestyle é apoiada por embaixadores renomados, irá apoiar seu crescimento no mercado americano com um desfile r durante a próxima Semana de Moda de Nova York. A marca já havia apresentado sua colaboração com Rihanna para a Fenty na Big Apple em 2016.



Puma anuncia seu retorno à Semana da Moda de Nova York - Puma


No dia 13 de setembro, o desfile voltará a destacar uma série de colaborações, como as de Dapper Dan, Palomo ou mesmo o trabalho de Koché para o time de futebol Milan. A iniciativa também acontecerá em universos virtuais. Uma decisão que parece lógica, já que a Puma está atualmente multiplicando suas iniciativas no Metaverso e na Web3. A marca lançou recentemente um espaço próprio na plataforma de jogos Roblox e, mais recentemente, lançou uma parceria com a 10KTF, um espaço no Metaverso que comercializa produtos de streetwear.

“Estamos empolgados em fazer essa parceria com o CFDA e retornar ao programa oficial da NYFW”, disse Adam Petrick, Chief Brand Officer da Puma. “Retornar à Semana da Moda de Nova York pela primeira vez em vários anos é significativo para nós, porque sabíamos que precisávamos da combinação certa de fatores para estar lá. Com o foco no digital, um grande número de embaixadores e uma parceira criativa extraordinária em June Ambrose, as bases e a criatividade para criar um grande evento estão lá. E estamos felizes por este ser o nosso momento de fazer acontecer”.

Especificamente, a Puma planeja apresentar parte de suas coleções Outono-Inverno 2022/23, com produtos que podem ser adquiridos diretamente, mas também deve propor suas novidades para a temporada Primavera-Verão 2023. No lado criativo está June Ambrose, diretora criativa próxima ao artista-empreendedor Jay-Z que assumiu a posição em 2020 e vai conceber o show. “Minha vida e meu trabalho estão enraizados na cultura urbana e no desenvolvimento da relação entre sensibilidades urbanas e indústrias. Quando entrei neste campo há quatro décadas, minha missão era influenciar gerações de pessoas que sonham em serem vistas. É essa perspectiva que quero trazer para a Puma e que reflete meu estado de espírito ao organizar a mostra Futurograde”, explica a americana. “Quero conectar a narrativa emocional de nossas vidas ao desfile, por meio da natureza cíclica da moda. Estou ansiosa para ver como o público vai perceber a forma como apresentamos a ideia de um “clássico que olha para o futuro”, aproveitando a nostalgia e reimaginando-a para o futuro. Quero que este conceito desafie o público a ser criativo no seu presente enquanto imagina o futuro ao mesmo tempo”.

Para apoiar a questão digital dessa experiência, a Puma firmou uma parceria com a empresa Future, cuja missão é oferecer uma experiência original e multifacetada que integre ingredientes culturais, musicais e esportivos. O projeto é liderado por David Stamatis, diretor executivo da Future. A abordagem da Puma e a integração das suas colaborações, mas sobretudo dos seus testemunhos, e a transformação comercial que isso pode acarretar serão claramente acompanhadas de perto no próximo mês de setembro.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.