Proprietário da Amazon, Jeff Bezos, é novamente o homem mais rico do mundo

A fortuna do dono da Amazon, Jeff Bezos, aumentou mais ainda e bateu novos recordes, fazendo dele o homem mais rico do mundo há décadas, segundo o ranking Bloomberg Billionaires Index.


Jeff Bezos é novamente o homem mais rico do mundo

Sua fortuna atingiu 150 bilhões de dólares na segunda-feira (16), superando a do fundador da Microsoft, Bill Gates, e seus 95 bilhões de dólares, de acordo com estimativas da Bloomberg.

O aumento do preço das ações da Amazon, uma empresa que ele fundou e da qual ele detém 17% das ações, sendo o principal acionista, gerou 50 bilhões de dólares este ano.

A fortuna de Bill Gates chegou aos 100 bilhões de dólares em 1999, uma soma que foi altamente superada por Jeff Bezos, de 54 anos.

Historicamente, no entanto, o executivo ainda permanece muito atrás de personalidades como o magnata do petróleo John D. Rockefeller (falecido em 1937) e o barão do aço Andrew Carnegie (falecido em 1919), cuja fortuna seria equivalente hoje a 300 bilhões de dólares, considerando a inflação.

Jeff Bezos, que alcançou 32 bilhões de dólares em 2014, fundou a Amazon em 1994, originalmente como uma simples livraria online. A multinacional é hoje uma das mais poderosas do mundo e diversificou suas atividades lançando-se no "cloud" (armazenamento de dados online), inteligência artificial e streaming de vídeo. Em 2013, Jeff Bezos comprou o tradicional jornal americano Washington Post.

O anúncio foi feito durante a super ação promocional "Prime Day", que oferece descontos para os assinantes premium da Amazon por 36 horas.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.

Moda - Pronto-a-vestirModa - AcessóriosModa - CalçadosEsporteDenimLingerieBalneárioÓculosCasamentoModa - DiversosPersonalidades
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER