×
Por
UseFashion
Publicado em
13 de abr. de 2016
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Primeiro dia da Casa de Criadores

Por
UseFashion
Publicado em
13 de abr. de 2016

Na ultima terça, começou a Casa de Criadores, maior evento lançador de novos estilistas da moda brasileira. Os desfiles verão 2016/17 ocorrem em São Paulo até dia 15, mostrando o que os novos designers brasileiros estão explorando.

Essa temporada iniciou com coleções bastante distintas umas das outras. Uma ideia de leveza e conforto nas modelagens pontuou a maioria, enquanto outras experimentaram mais em termos de volumes, proporções e assimetrias. Vamos mostrar tudo o que essa nova safra está trazendo e hoje começamos mostrando o que rolou nos desfiles de ontem.

Heloisa Faria
Heloísa Faria explorou leveza e graça tanto para eles quanto para elas. Através do predomínio de tonalidades claras como o nude e o denim com lavagem light blue, identifica-se esse espírito de tranquilidade.

Desfile Heloisa Faria - Fotos: Agência Fotosite


Entre os materiais, destacam-se sarjados e denim leves, tules de malha e tricolines, a maioria com acabamentos opacos. Entre as estampas, florais de tamanhos grandes e alaranjados dão um contraste às tonalidades apagadas da coleção.

Os formatos guardam uma ideia de conforto e amplitude, com maior distância do corpo, tanto nos tops quanto nos bottons.

Lui Iarocheski
O designer trabalhou com o público masculino, mostrando peças assimétricas e com uma certa leveza, um contraponto ao aspecto pesado e subversivo da coleção.

Desfile Lui Iarocheski - Fotos: Agência Fotosite


A alfaiataria aparece harmonizada com peças casuais como capas e casacos desconstruídos, mostrando uma silhueta ampla em tecidos leves de algodão, o que desenhou volumes mais pronunciados. Estampas de manchas esfumadas arremataram esse visual desgastado.

MRTNS
A moda praia de MRTNS apresentou peças luxuosas e sofisticadas para o público feminino e masculino. A cartela de cores foi enxuta, com o verde-folha, o preto e o dourado como cores principais.

Desfile MRTNS - Fotos: Agência Fotosite


Estampa de folhagens tropicais e animal print reforçaram essa sofisticação em peças de modelagem fechada, porém com recortes e decotes profundos e sensuais.

Roger Dognani
A coleção trabalhou uma expressividade forte para a temporada. Usando apenas branco e preto, o visual é carregado e tem referências subversivas, misturando elementos com toque de fetiche e orientais.

Desfile de Roger Dognani - Fotos: Agência Fotosite


Rasgos, volumes fora do comum e assimetrias evidenciam essa subversão, e definem uma coleção ousada e experimental. Entre os materiais, tule, gaze, vinil, malhas e um trabalhado com cordas e passamanarias reforçam a ideia texturizada das superfícies.

Copyright © 2022 UseFashion. Todos os direitos reservados.