×
Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de abr. de 2020
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Presidente do grupo Kering reduz seu salário fixo em 25%

Por
Reuters API
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de abr. de 2020

François-Henri Pinault, o bilionário francês, presidente e CEO do grupo de luxo Kering, aceitou uma redução salarial, como um gesto de solidariedade durante a crise do coronavírus COVID-19.


Bilionário Pinault, presidente e CEO da Kering, corta salário em 25%, de abril a dezembro de 2020 - Archiv-Foto/REUTERS/Benoit Tessier


"Diante do contexto atual da pandemia de COVID-19 e o seu impacto na actividade econômica, François-Henri Pinault, presidente e CEO da Kering, decidiu reduzir a parte fixa do seu salário em 25% a partir de 1 de abril, até ao final de 2020", disse a Kering em comunicado na sexta-feira (10).

"Além disso, François-Henri Pinault (presidente e CEO da Kering desde 2005 e presidente do Groupe Artémis desde 2003) e Jean-François-Palus (membro do Conselho de Administração da Kering desde 2009), decidiram renunciar à totalidade das partes variáveis da sua remuneração anual para 2020", acrescentou a Kering.

(Reportagem de Sudip Kar-Gupta; Redação de Mark Heinrich)
 

© Thomson Reuters 2022 All rights reserved.