Première Vision Paris: foco nos produtos acabados e na moda aumentada

O evento parisiense da Première Vision, que reúne 1782 expositores de 12 a 14 de fevereiro no Centro de Exposições de Villepinte, irá propor uma oferta repensada de sourcing e confeção de vestuário, o sempre rico espaço Maison d’Exception, um ciclo reforçado de conferências e um foco notável no o homem aumentado através do Wearable Lab.


O evento atraiu 54.500 visitantes de 13 a 15 de fevereiro de 2018 - Première Vision

O evento registrou um crescimento da oferta para o conjunto dos seus seis salões. "Isso é encorajador, dado o cenário do negócio, que continua muito complicado, desigual, de um cliente e de uma região para outra", explica o diretor-geral Gilles Lasborde. "Eu reconheci a disposição dos interveninentes para serem ofensivos, estarem no mercado e lutarem." Uma realidade do setor que levou a Première Vision a repensar toda a sua oferta dedicada aos produtos acabados em torno da marca Manufacturing, dividida em quatro secções distintas espalhadas pelos cinco halls da Première Vision Paris.

Esta edição de inverno vai propor, como todos os anos, o espaço Maison d’Exception, dedicado aos savoir-faire raros e exclusivos, onde serão representados, pela primeira vez, especialistas dos Emirados Árabes Unidos e do Cambodja, com um total de 25 ateliers selecionados para apresentarem a sua arte a designers e marcas de luxo e gama alta. Os visitantes poderão também descobrir a exposição La Mode en China (A moda na China), bem como uma exposição dedicada ao savoir-faire japonês com a Villa Kujoyama, uma organização de cooperação cultural entre a Europa e o Japão.
 
A renovação da oferta, que se traduz na chegada de 161 novos expositores à totalidade dos salões, trará 23 novas empresas ao salão de couro e peles Première Vision Leather, 27 novos estúdios e escolas ao encontro de designs têxteis Première Vision Designs e 30 especialistas em peças e acessórios para têxteis à Première Vision Accessories.
 
Homem aumentado e sourcing sustentável

Para a sua terceira edição, o espaço Wearable Lab, dedicado à tecnologia na moda, vai ocupar 1000 metros quadrados do hall 6 com 17 expositores que apresentam materiais inteligentes, ferramentas para a indústria criativa e criadores de protótipos avançados. Uma oferta que vem complementar o espaço de exibições Skills², além de um programa de conferências sobre sportswear, homem aumentad0, biomimética e outros materiais de alta tecnologia.


Esta edição marca a reorganização da oferta Manufacturing - Première Vision

Um seminário dedicado ao denim e as apresentações de tendências de materiais, cores e padrões completam o programa. O Instituto Francês da Moda apresentará o seu mapeamento do sourcing internacional, com foco específico na responsabilidade ecológica. O couro também será amplamente evocado, através de Leather Fashion Breakfast, palestras do Centro Técnico do Couro e três mesas redondas dedicadas ao setor, os seus usos e a sua evolução sustentável.

Paralelamente ao evento, o Marketplace Première Vision continua o seu desenvolvimento. Lançado em setembro passado, permite que 2.220 clientes solicitem amostras de cerca de 1.500 tecidos referenciados. Uma oferta que fica mais rica este mês com a chegada dos catálogos dos curtidores que expõem na PV Leather e que irá aumentar em maio com os produtores de denim e em setembro com os fabricantes de componentes e acessórios da PV Accessories.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

TêxtilSalões de Moda
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER