×
913
Fashion Jobs
CAEDU
Gerente de Grupo Produto - Infantil
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Supervisor de Vendas - Barueri
Efetivo - CLT · Barueri
CAEDU
Supervisor de Vendas - Alto Tietê
Efetivo - CLT · Ferraz de Vasconcelos
STUDIO Z
Coordenador de Planejamento Comercial
Efetivo - CLT · FLORIANÓPOLIS
GRUPO MEIA SOLA
Gerente de Marketing
Efetivo - CLT · FORTALEZA
GRUPO BOTICARIO
Executivo de Vendas ii (São Paulo)
Efetivo - CLT · São Paulo
LULITEX COM IMP EXP LTDA
Auxiliar Comercial
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas Pleno - Treinamento e Desenvolvimento
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas - Assistente Social
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - Quem Disse, Berenice?
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - o Boticário
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
GRUPO BOTICARIO
Product Owner E-Comm
Efetivo - CLT · Curitiba
IBRANDS
Líder de Logística
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas | Rio Verde
Efetivo - CLT · Rio Verde
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís

Preço do algodão brasileiro cai devido ao baixo interesse de compra

Por
Fibre2Fashion
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 20 de jun de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A expectativa de uma grande safra de algodão em 2018-19 manteve os compradores retraídos, levando a uma queda nos preços durante a primeira quinzena de junho de 2019. Após uma diminuição de 2,58% em maio, entre 31 de maio e 14 de junho, o índice de algodão CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, caiu 2,1%, fechando em 2,8124 reais por libra em 14 de junho.



Durante a quinzena, as trading companies se mostraram mais flexíveis em relação aos preços devido à queda tanto dos contratos futuros na Bolsa de Nova York (ICE Futures) como do dólar americano. Na primeira semana de junho, o preço médio do algodão no mercado brasileiro foi apenas 6,3% maior do que o preço de paridade das exportações, informou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA) em seu último relatório quinzenal.

Enquanto isso, temperaturas mais baixas devem provavelmente atrasar a maturação da cultura de algodão e, conseqüentemente, a colheita da safra 2018-19 em algumas áreas do Mato Grosso e da Bahia. As chuvas em algumas áreas nos meses anteriores também podem dificultar o trabalho de campo, de acordo com a CEPEA.

O nono levantamento de safra da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) divulgado em 11 de junho estima uma produção de 2,67 milhões de toneladas para 2018-19, um aumento de 33,4% em relação à safra anterior. Maiores estimativas de produção estão vinculadas ao aumento da área a ser semeada em 36,2%. No entanto, a produtividade média deve, provavelmente, diminuir 2%, para 1.673 quilos por hectare.

A produção do Mato Grosso é estimada em 1,76 milhão de toneladas, um aumento de 36,8% em relação à safra 2017-18, apesar da leve queda de -1,1% na produtividade média, para 1.641 quilos por hectare. Na Bahia está prevista uma produção de 587,6 mil toneladas, um aumento de 17,9%, devido à área  de algodão 35,9% maior. No entanto, a produtividade média pode diminuir 6,3%, para 1.770 quilos por hectare.

Durante a atual temporada de algodão, de agosto de 2018 a maio de 2019, o Brasil exportou um volume recorde de 1,2 milhão de toneladas de algodão.

Copyright © 2019 Fibre2Fashion. All rights reserved.