×
Publicado em
29 de abr. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Prada presta apoio financeiro ao projeto de pesquisa do Hospital San Raffaele, em Milão

Publicado em
29 de abr. de 2020

A grife italiana de luxo, Prada, anunciou que está financiando o projeto "Proteggimi" do Hospital San Raffaele, um dos maiores hospitais de Milão, para apoiar ainda mais os esforços de pesquisa do Covid-19.


Prada apoia o projeto "Proteggimi" doHospital San Raffaele em Milão - Instagram @prada


A doação -  cuja quantia não foi divulgada -  ajudará na pesquisa para identificar por que o Covid-19 tem um efeito significativamente mais grave em homens - uma diferença que ainda precisa ser entendida pelos médicos.

Vários relatórios médicos observaram essa diferença de gênero em vários países: nos Estados Unidos, muito mais homens que mulheres morreram como resultado do vírus; na Coréia do Sul, 54% das mortes relatadas no final do mês passado foram de homens; 69% de todas as mortes por coronavírus na Europa Ocidental foram do sexo masculino; e na China, mais homens gravemente doentes chegaram aos hospitais. Embora os números estejam constantemente mudando, os homens representaram aproximadamente 70% das mortes por coronavírus na Itália no final de março, de acordo com dados do Serviço Nacional de Saúde da Itália.

Embora o motivo para esse padrão permaneça um mistério, os pesquisadores estão considerando o impacto dos hormônios sexuais estrogênio e testosterona, bem como o impacto de mulheres com mais um cromossomo X que os homens, uma vez que o cromossomo X contém uma alta densidade de genes relacionados.

"Estudar os dados de homens e mulheres, separadamente, é essencial para compreender se os níveis de testosterona estão relacionados com a gravidade da doença e para avaliar qualquer impacto, a longo prazo, no estado de saúde global da pessoa curada", explicou Andrea Salonia, urologista e andrologista, diretora do URI - San Raffaele Urological Research Institute e coordenadora do Proteggimi. "Esperamos que esta pesquisa produza seus primeiros resultados nas próximas semanas".

A iniciativa marca a contribuição mais recente da Prada para hospitais italianos. Em março, a empresa doou duas unidades de terapia intensiva e ressuscitação para o Hospital San Raffaele, o Hospital Sacco e o Hospital Infantil Vittore Buzzi.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.