×

Paris: Semana da Moda Masculina revela os recém-chegados

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
4 de dez de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A próxima Semana da Moda Masculina, que se realiza em Paris de 14 a 20 de janeiro, contará com nada menos que cinco novas marcas, que desfilarão pela primeira vez na capital francesa.


Rhude - Diego Benjamin Andrade


Entre as marcas mais inesperadas estará a Casablanca. A marca é liderada pelo francês de origem marroquina Charaf Tajer, antiga figura das noites parisienses e cofundador da marca Pigalle, que fez sensação em junho passado durante um desfile organizado no sublime jardim do Museu Montmartre, em Paris, transformado em "Café de Casablanca". A Casablanca será sem dúvida uma das marcas mais badaladas nesta temporada.

Mais esperada, a dupla composta por Rushemy Botter e Lisi Herrebrugh, também diretores artísticos da Nina Ricci desde 2018, que integra pela primeira vez o calendário oficial da fashion week parisiense. Finalistas do prêmio LVMH em 2018, os criadores ganharam alguns meses depois o Festival de Hyères, convencendo o júri presidido por Haider Ackermann com a sua moda inspirada nas suas origens caribenhas e o seu discurso ambientalista.

Outra marca a descobrir: Rhude. Fundada pelo designer Rhuigi Villasenor, imigrante chegado a Los Angeles proveniente das Filipinas, a marca Rhude mistura desde o seu início a cultura streetwear com o punk de estilo britânico e brinca com símbolos americanos (a águia ou a bandana) para criar um universo profundamente street e informal. Inspirado pelo seu mentor, o artista Taz Arnold, o designer, que reivindica acabamentos de alta qualidade, personifica a nova geração from LA, produz as suas coleções nos Estados Unidos e já se destacou por algumas colaborações com a Puma, a Vans ou Thierry Lasry.


Botter


Instalado em Londres, Craig Green tornou-se conhecido em 2012, quando fundou a sua própria marca. Formado na Central Saint Martins, o estlista imagina silhuetas street e estruturadas, guiadas pela imagem do guerreiro e do neorromantismo. Inspirado no uniforme, pelas roupas militares e funcionais (as suas roupas são adornadas regularmente com correias e cintos) e pouco propenso a estampados, Craig Green recebeu o prémio Emerging Menswear Designer nos British Fashion Awards em 2014.

A última marca a estrear na Semana da Moda Masculina de Paris é a Rochas Homme, que celebra a chegada do seu novo diretor artístico em 2018, o italiano Federico Curradi, e a sua nova visão da moda masculina. Nas mãos do grupo Interparfums desde 2015, a Rochas desenvolve a sua linha masculina sob licença (via Onward Luxury Group) e propõe desde a coleção outono-inverno 2019/2020 um estilo mais boêmio e romântico do que anteriormente.
 
Por ocasião desta nova semana da moda, o calendário masculino contará também com o regresso da maison Givenchy e da Jacquemus.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.