×
Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
5 de mai. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Pandora supera expectativas no primeiro trimestre e eleva previsões

Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
5 de mai. de 2022

A maca dinamarquesa de joias Pandora alertou na quarta-feira (4) para uma crescente incerteza relativa às suas previsões anuais, apesar de um volume de negócios recorde no primeiro trimestre e de um ligeiro aumento na sua previsão de vendas.


Reuters


Alexander Lacik, o presidente-executivo, declarou em comunicado: "Estamos muito satisfeitos com o forte inicio do ano, que registrou um volume de negócios recorde para um primeiro trimestre."
 
A Pandora prevê agora um crescimento orgânico de 4% a 6% para o ano inteiro, em comparação com 3% a 6% anteriormente, mas esclareceu que essa previsão está sujeita a uma "elevada incerteza" devido à guerra na Ucrânia, à inflação e ao coronavírus.

O grupo manteve inalterada a sua previsão de margem de lucro antes de juros e impostos (Ebit), entre 25% e 25,5%, constatando paralelamente uma pressão inflacionária e um aumento nos custos de energia, transporte e matérias-primas, como a prata e o ouro.
 
"Historicamente, a Pandora tem sido bem-sucedida a mitigar os aumentos de custos através de iniciativas de eficiência e de redução de custos”, disse a empresa, explicando que “esse trabalho continua".
 
A maior fabricante de joias do mundo em termos de capacidade de produção não constatou um "impacto de maior" da invasão da Ucrânia pela Rússia no primeiro trimestre. A Rússia, a Bielorrússia e a Ucrânia representaram apenas 1% da receita em 2021.
 
A Pandora registou um aumento de 21% nas vendas, para 5,7 bilhões de coroas dinamarquesas (766 milhões de euros), um número recorde e superior às expectativas médias dos analistas consultados pela empresa em abril, de 5,2 bilhões de coroas dinamarquesas.

© Thomson Reuters 2022 Todos os direitos reservados.