×
894
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Paco Rabanne e suas viagens mentais

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 27 de set de 2018
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Paris ama um campeão francês da moda e, nesta temporada, Julien Dossena levou esse título com sua vibrante coleção "voyager" para Paco Rabanne, apresentada na ensolarada tarde de quinta-feira.



Toda a seção francesa da platéia ovacionou o estilista no final do desfile, depois uma apresentação em ritmo acelerado, que transportou a marca histórica para o presente.

No passado, Paco Rabanne permaneceu preso em sua máquina do tempo com suas correntes e malhas metálicas. O próprio Julien Dossena estava começando a cair nessa armadilha na temporada passada. Mas este último desfile foi inovador, apesar de ainda ter mantido referências de metal suficientes para respeitar o DNA de Paco Rabanne.

Seus ponto de partida foi o estilo hippie dos anos 70, uma época em que uma nova geração se tornou nômade global, misturando as roupas de culturas estrangeiras em seus guarda-roupas. Estampas de Rajasthan; padrões mouriscos; paisleys góticos decorados com correntes de metal, algemas e cordas; e blusas e sarongs adornadas com moedas de ouro.

O designer cobriu muitos looks com casacos longos e trench-coats; jaquetas biker e malhas. A mulher de Paco Rabanne irá passear pelo mundo em sandálias geta de madeira com tiras de estampa exóticas; ou mocassins de salto alto em couro envernizado.



A sensibilidade foi bastante reveladora e sexy, mas nunca vulgar. Julien Dossena instalou um enorme pórtico de iluminação logo acima do público, na Galerie Sud-Est do Grand Palais, para lembrar um mercado de rua asiático à noite.

“Eu queria essa sensação da busca pelo seu eu no exterior. Gostava desse período nos anos 70, quando as pessoas sentiam que precisavam de mais profundidade. Uma busca por mais misticismo, com os americanos indo para a Índia. Então, é isso que eu queria explorar, que você também viaja na sua mente, nem sempre literalmente para esses lugares”, explicou Dossena nos bastidores.
 
Conduzido por uma ótima trilha sonora - notavelmente um funk intitulado "So Good”, de Cricco Castelli, e por um elenco que usou lindos penteados dignos de Ghirlandaio, este foi um desfile de sucesso.

Antes do desfile, para aumentar a temperatura, a embaixadora do novo perfume da marca, Emily Ratajkowski, cumprimentou os hipsters na passarela, enquanto tomavam seus lugares.
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.