PETA compra ações da Farfetch para aumentar pressão anti-peles

O IPO da Farfetch parece ter sido um sucesso, com as suas ações a aumentarem 35% em relação ao seu preço de oferta na sexta-feira. E, embora o entusiasmo dos investidores possa diminuir após o interesse antecipado em empresas em oferta pública de venda (IPO), existe um acionista que deverá permanecer a longo prazo. A PETA revelou na segunda-feira que o seu braço americano adquiriu ações no e-tailer de luxo, para que "a compra de ações permita que o grupo leve o comerciante de luxo a abandonar as peles".


A Farfetch continua a vender vestuário de peles no seu site

A aquisição das ações permitirá que a PETA assista às reuniões anuais da empresa e "pressione oficialmente para o fim da venda de artigos de peles" no site.
 
"A indústria de peles está a caminho de ser algo do passado, visto que os atuais designers de luxo estão a dizer não às peles e sim aos belos e inovadoras tecidos vegan", disse Yvonne Taylor, diretora de projetos corporativos da PETA . "A PETA EUA está a levar a campanha diretamente à administração da Farfetch, exigindo a proibição da venda de peles."
 
Embora a Farfetch inclua produtos de peles no seu site e o famoso designer Karl Lagerfeld tenha defendido recentemente a sua utilização, a tendência na moda é contra as peles. Um grande número de marcas de prestígio, incluindo a Gucci, abandonaram publicamente o uso de peles, enquanto a Yoox-Net-A-Porter também as proibiu numa altura em que a opinião pública se mostra contra a sua utilização. 

A PETA citou sondagens de opinião que mostram que "95% dos britânicos nunca usariam peles verdadeiras". "Visto que designers de renome como Vivienne Westwood, Versace, Gucci, Stella McCartney e, mais recentemente, Burberry têm políticas contra a sua utilização, não há desculpa para a Farfetch continuar a permitir que marcas sem escrúpulos vendam crueldade no seu site", acrescentou.

O grupo não revelou quantas ações da Farfetch adquiriu, nem o preço que pagou. Mas, disse que reuniu com executivos da Farfetch para discutir a questão das peles.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirLuxo - DiversosNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER