×
Publicado em
25 de ago. de 2021
Tempo de leitura
4 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Osklen abre loja na Marina de Cascais

Publicado em
25 de ago. de 2021

A brasileira Osklen  – marca de moda sustentável fundada por Oskar Metsavaht, em 1989, e sem lojas em Portugal desde 2009 – acaba de inaugurar um espaço de cerca de 70 metros quadrados na Marina de Cascais. 


Interior da loja Osklen na Marina de Cascais - Osklen


O novo espaço da marca conhecida como um dos expoentes máximos da moda minimalista brasileira, que desde sempre se alia à sustentabilidade, conta com uma série de peças com a assinatura exclusiva da Osklen  – como vestidos, blusas, T-shirts, casacos, camisas, tênis e bolsas feitos no Brasil, todos produzidos com matérias-primas recicladas e fibras naturais.

Exemplo disso são os calções de praia Aquaone feitos de PET (plástico usado em garrafas) 100% reciclado, algodão orgânico, cânhamo, linho, algodão reciclado e couro de pirarucu (feito de pele do peixe do rio Amazonas, geralmente encontrado na bacia amazônica, que pode atingir três metros e 20 centímetros, sendo criado em viveiro para consumo alimentar). 

A marca nasceu durante uma expedição ao monte Aconcágua (Argentina), por iniciativa de Oskar Metsavaht que sentiu então a necessidade de criar vestuário adaptável a temperaturas baixas registradas a partir de determinada altitude. O médico brasileiro desenvolveu um novo tecido impermeável, capaz de manter o corpo seco e aquecido, e o sucesso foi tanto que resultou no nascimento de uma nova marca, hoje com 48 espaços próprios só no Brasil, também presente no Uruguai, Estados Unidos no Japão.

Em Portugal inaugura novamente uma loja monomarca como um primeiro espaço estratégico localizado na Europa. A marca encerrou em 2009 todos os pontos de venda em território português, passando a ser representada pela Embaú Store, também em Cascais, que recebia algumas das suas criações sazonais.


Bolsa em couro de piracucu - Osklen


O sucesso fez com que a marca aumentasse cada vez mais o uso de matérias-primas e processos sustentáveis na produção de coleções, obtendo ao longo dos últimos 10 anos, o recorde de mais de um milhão e meio de garrafas PET recicladas para a criação de peças e-fabrics. Como contrapartida deixaram de ser lançadas aos oceanos e protegeram-se espécies ameaçadas pelos resíduos de plástico.

Foi em 1999 que a Osklen lançou a primeira T-shirt feita com cânhamo (fibra resistente que não utiliza produtos químicos na produção) e logo depois a primeira T-shirt de algodão orgânico, muito antes das preocupações atuais e fenômenos que têm levado o mundo a parar. No último caso, a T-shirt foi desenvolvida em parceria com a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e a ONG Esplar, no Ceará, também numa altura em que quase não se abordavam questões de sustentabilidade e práticas sustentáveis no Brasil.

No ano 2000, a Osklen lançou as primeiras T-shirts de algodão orgânico com assinatura e-brigade – movimento idealizado por Oskar Metsavaht com o slogan “Save your Lifestyle. Act Now”, que reuniu ecologistas, professores, sociólogos e organizações de preservação ambiental e de ação comunitária, entre muitas outras.


Nova coleção-cápsula Ipanema em @oskarmetsavaht - Osklen


Assim, e desde 1999, a Osklen avançou na pesquisa e desenvolvimento de materiais e de processos sustentáveis e formalizou o projeto e-fabrics, em parceria com o Instituto-E. As peças chamadas e-fabrics utilizam materiais de origens recicladas, orgânicas, naturais e artesanais, desenvolvidos por comunidades, cooperativas e/ou por grupos industriais. 

Destas peças originais e ecológicas destacam-se os couros de salmão e pirarucu utilizados em acessórios e calçado como tênis, bolsas e carteiras; malha PET, composta por algodão e fibra de poliéster proveniente da reciclagem de embalagens PET; algodão orgânico cultivado sem uso de substâncias tóxicas ao meio ambiente; tricô reciclado feito de fios de algodão desfibrado, proveniente do reúso de sobras da indústria têxtil; e seda orgânica fabricada a partir de casulos rejeitados pela indústria tradicional. Os e-fabrics são tingidos naturalmente com o objetivo de não poluírem o meio ambiente.

Em maio de 2011, Oskar Metsavaht recebeu da UNESCO o título de Embaixador para Cultura da Paz e da Sustentabilidade. A atenção dada à Amazónia originou, em 2015, a coleção Ashaninka num tributo criativo ao povo nativo da Amazónia, na região do Acre e Peru. Hoje, a Osklen é reconhecida em todo o mundo pelo pioneirismo na sustentabilidade socioambiental.

Osklen | The Creators Project

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.