×
887
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Organizador da feira FIT aposta em crescimento do mercado de moda infantil

Publicado em
today 21 de out de 2019
Tempo de leitura
access_time 4 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A tradicional FIT 0/16 - Feira Internacional do Setor Infantojuvenil e Bebê –, traz uma novidade para a edição de inverno. Com um novo conceito, em uma versão boutique, o evento vai focar em proporcionar experiências para lojistas de todo o Brasil, além de, claro, trazer as tendências da moda meia-estação e inverno em um grande desfile profissional com marcas infantis. A FIT 0/16 Conceito vai acontecer de 06 a 08 de novembro, no Expo Center Norte, em São Paulo. Em entrevista ao Fashion Network, Cassiano Facchinetti, diretor geral da Koelnmesse Brasil, organizadora do evento, falou sobre as novidades desta edição e sobre o mercado de moda infantil no Brasil. Confira a seguir:


Feira FIT 0/16 vai apresentar versão boutique para o inverno 2020 - Divulgação



FASHION NETWORK: Qual é a expectativa de crescimento em número de negócios com relação à última edição? E também em relação a público e número de expositores? 

Cassiano Facchinetti:
 A FIT 0/16 chega à sua 54ª edição reforçando a sua posição como maior evento do setor infantil da América Latina. Para a edição 54, que apresentará as coleções outono, inverno e meia-estação, trouxemos um novo conceito de evento, onde o grande diferencial é o desfile profissional que será a atração principal. Esperamos receber cerca de 50 marcas expositoras, entre empresas já consagradas no mercado e outras novas que estão buscando uma oportunidade para se fortalecer no setor de moda infantil.  Nossa expectativa é reunirmilhares de lojistas de todo o Brasil em busca dessas novidades.

FASHION NETWORK: Como você vê o atual cenário da moda infantil? Quais são as expectativas do setor quanto ao balanço deste ano e projeção para o ano que vem?

Cassiano Facchinetti: Apesar dos desafios que as indústrias de moda infantil vêm enfrentando, o cenário
para este setor é otimista. Em 2018, o mercado apresentou receita 3,2% maior em relação a 2017 e tudo leva a crer que o varejo físico de moda infantil e bebê vai continuar neste embalo de crescimento. Para 2019, segundo dados do IEMI, espera-se um crescimento de 3,3% no número de peças comercializadas e, em valores, um crescimento de 7,5%, movimentando cerca de R$ 54,5 bilhões. Este cenário positivo
reflete nossas vendas de espaços para a edição 2020 da FIT 0/16, o que é muito bom. Já temos 60% das áreas comercializadas para a feira, incluindo grandes marcas estreantes. Isso mostra que servimos como plataforma para impulsionar o mercado, cumprindo o nosso objetivo, como a principal feira do setor infantil da América Latina.

FASHION NETWORK: Vocês percebem também alguma mudança do público consumidor com relação ao mercado de moda infantil nos últimos anos?

Cassiano Facchinetti: Percebemos duas tendências no comportamento do consumidor: o preço, como
principal fator de escolha, e o crescimento das compras pelo e-commerce. Este último tema, por exemplo, já vem sendo abordado em nossas palestras durante a FIT 0/16. A indústria já percebeu que investir em tecnologia é o caminho para se diferenciar e se manter no mercado. Segundo dados do nosso parceiro IEMI, Instituto de Inteligência, dois anos atrás, o bom atendimento superava todos os requisitos na tomada de decisão, mas com a instabilidade econômica do país, essa questão vem mudando. Claro que o bom atendimento faz parte do processo de fidelização do cliente, mas além disso, o preço e a variedade de produtos na loja são essenciais para manter a lucratividade.

FASHION NETWORK: O que podemos esperar de lançamentos e novidades de produtos na feira?

Cassiano Facchinetti: Teremos a estreia da marca I am just for little, que tem como sócia a atriz Giovana Ewbank, além dos desfiles das marcas Helena Nistal, que tem como estilista uma menina de apenas 8 anos portadora de síndrome de down, e Viki na Niki por Reinaldo Lourenço. Já para as palestras, vamos abordar temas bem atuais como, por exemplo “Como reinventar o varejo na Era da Transformação Digital” e “Mídias sociais: Uma incrível vitrine para o seu negócio”. Os lojistas precisam estar atentos às transformações de consumo e tendências, senão o negócio fecha. Nosso público é formado tanto por grandes redes, boutiques, quanto por pequenas lojas que estão tentando se manter no mercado. Vimos essas palestras gratuitas como forma de impulsionar o setor e ajudar os empresários que passam por momentos mais difíceis nas vendas.

FASHION NETWORK: Além dos produtos, vocês vão promover experiências para os lojistas. Dá para adiantar um pouco o que seriam essas experiências?

Cassiano Facchinetti: Estamos em um país tropical, onde as vendas de inverno são sempre uma incógnita para os lojistas. Sentimos essa insegurança por parte deles, que muitas vezes não sabem o que comprar e o quanto investir. Por isso, a edição de inverno da FIT 0/16 é tão importante para o mercado. Aqui, nós mostramos não somente as próximas tendências, mas também oferecemos uma consultoria completa para ajudar o público nesse desafio por meio de nossos projetos especiais. Estamos investindo em parceria estratégicas, como a da Bazaar Kids, que fará a curadoria do desfile, além da parceria com profissionais do setor que vão participar das palestras e consultorias gratuitas
para nossos visitantes. Esse é um dos diferenciais da FIT 0/16, que investe em eventos paralelos gratuitos para lojistas, como palestras, parcerias com consultorias e agências de moda. A FIT 0/16 é a plataforma completa para o lojista, onde ele faz suas compras e se prepara para vender durante o ano, por meio de nossos eventos paralelos.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.