×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
28 de jun. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Officine Générale celebra simplicidade e estilo parisiense

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
28 de jun. de 2021

Coincidindo com a redução das restrições sanitárias, que fizeram os parisienses se despedirem do toque de recolher e do uso de máscaras ao ar livre nos últimos dias, a Officine Générale voltou às suas raízes com um desfile físico, um dos poucos eventos presenciais que foram organizados durante a última Semana da Moda Masculina de Paris.


Looks monocromáticos em tom lavanda - Officine Générale


Na sexta-feira (25 de junho), no coração do distrito de Marais, numa mansão privada da rue des Francs Bourgeois, Pierre Mahéo, fundador e designer da Officine Générale, celebrou o seu retorno às passarelas. "Todas as questões que estavam incomodando a minha comitiva profissional não frearam o meu desejo. Eu fui me tornando razoável durante muitos meses. E por isso queria voltar sem mais demoras a um espetáculo de verdade...", disse o designer em uma nota assinada que acompanhou a apresentação.

A necessidade de se reconectar com a vida real, longe das telas ou apresentações digitais, se traduziu em uma coleção que capta a atmosfera da rua. "A minha inspiração foi novamente muito parisiense", admitiu Pierre Mahéo. "Na falta de poder viajar, a minha mente fugiu. E depois redescobri o Paname (apelido familiar de Paris) pela força das circunstâncias. Tive tempo para observar os seus habitantes com mais detalhe", explicou o designer, conhecido pelas linhas refinadas e pelo domínio da alfaiataria casual e elegante sem sofisticação excessiva. Um DNA que se encaixa perfeitamente no guarda-roupa parisiense daqueles que buscam estilo sem ostentação.

Officine Générale Spring/Summer 2022


Uma aposta clássica e eficaz que, para a primavera-verão 2022, se caracterizou por uma releitura do essencial da empresa francesa, tanto para homens como para mulheres. "Continuidade" e "savoir-faire" na forma de calças largas do tipo "desleixada", outras com cortes mais retos a partir do joelho ou mesmo ocasionais flertes com o estilo skatista. Sem esquecer os indispensáveis ​​ternos e combinações de calças e casaco em silhuetas monocromáticas, pensados para criar looks office equilibrados.

Já a paleta da Officine Générale foi além do azul marinho, marfim ou cinza, explorando tom sobre tom com um verde oliva intenso, ou optando por um lilás inesperado, que foi protagonista de uma série de looks no final do desfile, entre os quais se destacou um vestido midi esvoaçante complementado por um cinto magenta.


Fato feminino em ganga com pesponto branco - Officine Générale


Em termos de materiais, o linho marcou presença em blusas leves, além do denim reciclado com um acabamento extra suave, presente em conjuntos de calças e casacos para homens e mulheres ou mesmo em uma proposta de bermudas. Por fim, a Officine Générale ofereceu alguns artigos para o guarda-roupa de meia estação, tais como moletons com capuz ou mesmo várias jaquetas de couro.

No entanto, apesar das fortes raízes parisienses que refletem a última proposta de Pierre Mahéo, as ambições da marca são internacionais. “A Officine Générale é uma das empresas poucas empresas que tiveram a sorte de saírem mais fortes da crise da saúde graças aos seus valores”, garantiu o promotor da empresa, fundada em 2012. Sem ir mais longe, em maio passado, a marca conseguiu angariar fundos do grupo americano The Untitled Group. O objetivo? Desenvolver seu negócio nos Estados Unidos, onde a Officine Générale prepara uma inauguração em Nova York. O estilo parisiense parece pronto para seduzir na Big Apple.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.