×
1 088
Fashion Jobs
GRUPO BOTICARIO
Analista de CRM ii – Venda Direta (Afirmativa Para Talentos Diversos)
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Analista fp&a i - Gestão de Verbas Comerciais
Efetivo · São José dos Pinhais
GRUPO BOTICARIO
Pessoa Coordenador(a) de Compras de Eventos
Efetivo · São José dos Pinhais
RENNER
Product Owner (po) - Omnichannel
Efetivo · São Paulo
FARFETCH
Product Manager (Ecommerce Experience) - Farfetch Platform Solutions
Efetivo · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Especialista ii Treinamento Comercial Venda Direta - Franschising
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Pessoa Compradora de Projetos Júnior - Híbrida - PR
Efetivo · São José dos Pinhais
MARISOL
Analista de CRM - São Paulo
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Gerente sr Comercial Lojas Boti (Nordeste)
Efetivo · Brasília
RENNER
Content & Performance Manager
Efetivo · São Paulo
VIVARA
Analista de Compliance Senior
Efetivo · São Paulo
MARISOL
Analista de CRM
Efetivo · Jaraguá do Sul
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace – Onboarding de Sellers
Efetivo · São Paulo
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace - Atendimento e Pós-Vendas
Efetivo · São Paulo
RENNER
Coordenador de CRM
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Consultor(a) de Vendas - o Boticário (Boulevard Shopping)
Efetivo · Brasília
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Atendimento (Afirmativa Para Talentos Diversos)
Efetivo · Curitiba
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Atendimento (Afirmativa Para Talentos Diversos)
Efetivo · Curitiba
GRUPO LUNELLI
Inspetor(a) de Qualidade - Externo
Efetivo · Guaramirim
VIVARA
Vendedora –Shopping Cidade São Paulo – São Paulo/ sp
Efetivo · São Paulo
MARISOL
Analista de Sistemas - E-Commerce
Efetivo · Jaraguá do Sul
CAEDU
Operador de Loja
Efetivo · Campinas
Por
Europa Press
Publicado em
23 de nov. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

OCDE prevê desaceleração na América Latina em 2023 diante de cenário financeiro mais restritivo

Por
Europa Press
Publicado em
23 de nov. de 2022

De acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) as economias latino-americanas perderão força durante 2023 e 2024 devido às condições financeiras nacionais e globais mais restritivas.


Vista de Medellín, Colômbia - Pexels


Em nova edição de seu relatório bianual 'Perspectivas Econômicas', a entidade estima que os países latino-americanos crescerão entre 0,5% e 2,6% em 2023, ante os 3,8% de crescimento médio que essas economias terão no final deste ano.

Este abrandamento econômico está em linha com a tendência mundial, uma vez que, segundo a OCDE, o PIB mundial deve diminuir de 3,1% em 2022 para 2,2% em 2023 e voltar a se recuperar em 2024, atingindo modestos 2,7%

"As principais economias latino-americanas tiveram um desempenho melhor do que o esperado em 2022, especialmente entre os segmentos de alimentos e energia, que se beneficiaram de melhores termos de troca. No entanto, essa recuperação deve perder força durante 2023 e 2024, entre uma retirada da maioria do apoio fiscal restante e preços de commodities menos dinâmicos", diz o relatório.


Colômbia sofre a maior desaceleração



Por país, a economia colombiana é a que sofrerá o maior abrandamento em 2023, passando de um crescimento de 8,1% em 2022 para 1,2% no próximo ano, segundo os dados da OCDE.

No entanto, a Colômbia ficará acima de outros países como Argentina ou Chile, que crescerão apenas 0,5%, ou no mesmo patamar do Brasil, que também crescerá 1,2% e cuja economia não será tão dinâmica neste ano, encerrando 2022 com um aumento de 2,8%.
 
Por sua vez, o Peru será o país que sofrerá menos desaceleração econômica, passando de um avanço de 2,7% em 2022 para 2,6% em 2023. A segunda economia da América Latina que mais crescerá será a Costa Rica, em torno de 2,3%.

Olhando para 2024, alguns países ainda estarão longe dos níveis de 2022. É o caso da Argentina, que passará de 4,4% neste ano para 1,8% em 2024, ou do Brasil, que terá seu crescimento reduzido pela metade, de 2,8% para 1,4%.
 
Enquanto isso, outros como Peru ou Chile crescerão acima dos níveis de 2022 (2,9% e 2,6%, respectivamente). Ao mesmo tempo, o México permanecerá 0,4 pontos atrás do crescimento de 2022.

Copyright © 2023 Europa Press. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos aqui apresentados sem o prévio e expresso consentimento.

Tags :
Indústria