O novo clube de Ralph Lauren

Papa’s got a brand new bag diz a música: para Ralph Lauren, é um clube! O criador americano inaugurou no sábado à noite o seu novíssimo Ralph's Club, apresentando a sua coleção outono 2020 neste bastião das finanças mundial que é Wall Street.


Ver o desfile
Ralph Lauren - primavera-verão2020 - Moda Feminina - Nova Iorque - © PixelFormula

"Achei que era a única coisa que nos faltava", lançou Ralph Lauren, vestido com um smoking branco de dupla abotoadura digno de Johnny Fontaine.
 
Embora tenha sido construído por apenas uma noite, o local era bastante realista. Quase esperávamos que Duke Ellington ou Barry Manilow subissem ao palco. Em vez disso, atuou Janelle Monáe, e a cantora de Kansas City fez uma incrível performance.
 
Uma banda de jazz de doze músicos criou o ambiente, enquanto dezenas de garçons traziam cocktails especiais com nomes como Brown Derby ou Tequila Ricky. Os guardanapos de pano, as caixas de fósforos e até os bolsos dos casacos dos garçons exibiam o logo do Ralph's Club.
 
Por fim, Gigi Hadid abriu a passarela com um redingote prateado ultra glamouroso, usado sobre calças de smoking com um cinto largo, desfilando entre as mesas antes de se dirigir ao bar para pedir um cocktail.
 
Roupas clássicas - de casacos de smoking em veludo de drapeado perfeito a divinos tailleurs em lã antracite, com detalhes em gorgorão, casacos elegantes combinados com jodhpurs ou ainda casacos em seda azul cobalto.

Mas, tudo bem misturado com algumas das reviravoltas mais sexy da temporada, tal como o corte sugestivo do vestido de deusa em tule castanho-ruivo, usado por Bella Hadid, ou o vestido sem costas amarelo-canário brilhante visto numa deslumbrante modelo loira, que tirou o fôlego a muitos homens.


Ver o desfile
Ralph Lauren - primavera-verão2020 - Moda Feminina - Nova Iorque - © PixelFormula
 
As 300 pessoas do público se levantaram para aplaudir Ralph enquanto ele subiu a enorme escada de mármore que conduzia até ao clube, alojado na antiga sede de um gigantesco banco. No exterior, em Wall Street, o triplo das pessoas tentavam ver as estrelas que entravam - de Cate Blanchett a Henry Golding, que ficou famoso por Crazy Rich Asians.
 
Numa apresentação de jazz elétrica, Janelle Monáe dançou sobre as mesas, atirou champanhe para o ar e rebolou no chão. Até fez o próprio Ralph cantar. Mesmo que tenha sido por apenas por uma noite, uma coisa é certa, o Ralph's Club teve um reinado incrível.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirDesfiles
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER