×
887
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Nike perde processo contra a Skechers pela marca Converse Chuck Taylor

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 22 de out de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A Skechers venceu a Nike no tribunal nos Estados Unidos. Um juiz decidiu a favor da empresa californiana em um caso de violação de marca registrada relacionado à entressola dos modelos da marca Converse, de propriedade da Nike.


Esta é a terceira vitória da Skechers neste caso, que teve início em 2014. - Instagram @skechers


Segundo comunicado divulgado na quinta-feira passada (17), Charles E. Bullock, juiz sênior de direito administrativo da Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos (ITC), determinou que a marca registrada da entressola do modelo Chuck Taylor da Converse não foi violada pelo Modelos Twinkle Toes e Bobs da Skechers, nem por qualquer outro produto mencionado na reclamação da Nike.
 
O juiz Bullock também determinou que a marca registrada da entressola não se aplica à Skechers, pois ela lançou os modelos em questão antes de 2001, ano em que a Nike patenteou a entressola.
  
O processo da Nike contra a Skechers foi iniciado em 2014 e, além de Twinkle Toes e Bobs, inclui os modelos Daddy '$ Money e Hydee Hy-top. Esta é a terceira vitória da Skechers nesta controvérsia, depois depois de ter vencido em novembro de 2015 e junho de 2016.

Após a decisão anterior da ITC, de 2016, - que concluiu que os direitos reivindicados pela Converse na entressola de Chuck Taylor eram inválidos e que, mesmo que tivessem sido validados, nem o Twinkle Toes ou o Bobs os teriam violado - a Converse apelou ao Tribunal de Apelações do Circuito Federal dos Estados Unidos, que por sua vez encaminhou o assunto ao ITC em outubro de 2018.

"Estamos satisfeitos com a decisão do juiz Bullock, que reconheceu que a Skechers já usa esse tipo de entressola muito antes da Converse adquirir quaisquer direitos de marca registrada", disse Michael Greenberg, presidente da Skechers. "Inúmeros julgamentos reconheceram repetidamente que os modelos Twinkle Toes e Bobs da Skechers são claramente diferentes do Chuck Taylor e é improvável que um dia os consumidores confundam os produtos Twinkle Toes ou Bobs com o modelo Converse”.

Esta não é a primeira disputa legal entre as duas empresas americanas, rivais no segmento de calçados. Recentemente, a Nike apresentou outra queixa contra a Skechers, acusando-a de ter copiado vários elementos de seus tênis VaporMax e Air Max 270 e até mesmo de usar uma "estratégia de cópia” conhecida como "Skecherizing", para adaptar os designs de seus concorrentes.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.