×
179
Fashion Jobs
CAEDU
Analista de Controladoria pl
Efetivo - CLT · São Paulo
L'OREAL GROUP
Analista de Business Intelligence Pleno - Divisão Grande Público
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
INTJOBS
Missão Humanitária Internacional de Saúde: Todas as Especialidades
Efetivo - CLT · RIO DE JANEIRO
CAEDU
Analista de Produtos Financeiros pl
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Analista CRM pl - Segmentação
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Cidade de São Paulo
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Center Shopping Uberlândia
Efetivo - CLT · Uberlândia
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Del Rey
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Uberaba
Efetivo - CLT · Uberaba
AMARO
Compliance Analyst
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
CAEDU
Operador de Loja - Intermitente
Efetivo - CLT · São Paulo
NIKE
Football Teams sm
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Operador de Loja - Intermitente
Efetivo - CLT · São Vicente
CAEDU
Operador de Loja - Intermitente
Efetivo - CLT · Itu
CAEDU
Operador de Loja - Intermitente
Efetivo - CLT · Itapevi
CAEDU
Operador de Loja - Intermitente
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Analista Financeiro jr - Tesouraria
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Analista Financeiro jr - Contas a Pagar
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Analista Detecção de Fraude pl
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Supervisor de Vendas
Efetivo - CLT · Osasco
CAEDU
Operador de Loja - Intermitente
Efetivo - CLT · Osasco
CAEDU
Operador de Loja - Intermitente
Efetivo - CLT · Poá
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
7 de fev de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Nike expande na América do Sul modelo de negócio focado em distribuidores

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
7 de fev de 2020

A gigante americana de artigos esportivos, Nike, Inc., anunciou na quinta-feira (6) que está mudando seu modelo de negócios na Argentina, Brasil, Chile e Uruguai para parcerias estratégicas de distribuidores com os parceiros locais Grupo Axo e SBF.


As transações devem ser concluídas em meados de 2020. - photo Reuters / Mike Segar

 
Sob os novos acordos, o Grupo Axo irá adquirir as operações da Nike na Argentina, Chile e Uruguai, enquanto o Grupo SBF assumirá as operações da marca no Brasil.

"A Nike gerencia negócios de distribuição bem-sucedidos em todo o mundo e a expansão desse modelo no resto da América do Sul ajudará a impulsionar um crescimento sustentável e lucrativo", comentou Elliott Hill, presidente de consumer and marketplace da Nike, Inc. "Nossos parceiros estão comprometidos em atender os consumidores locais e elevar as experiências digitais e de varejo, além de compartilhar os valores e o compromisso da Nike com os funcionários".
 
Fundado no México em 1994, o Grupo Axo possui os direitos de distribuição exclusiva de mais de 30 grandes marcas no México e no Chile, desde Calvin Klein, Kate Spade e Tommy Hilfiger, até Abercrombie & Fitch, Bath & Body Works e Victoria's Secret. Ele também possui uma parceria com a Nike, operando cinco lojas da marca no México. A empresa utiliza um modelo estratégico de operação multicanal e opera mais de 2.000 pontos de venda em lojas de departamento e mais de 600 butiques.
 
Sediado em São Paulo, o Grupo SBF é proprietário da Centauro, a maior varejista de artigos esportivos do Brasil e da América Latina, com 209 lojas. Com o acordo, a empresa será a distribuidora exclusiva da Nike no Brasil e assumirá o controle de 24 lojas da Nike Factory e 15 lojas administradas por parceiros, bem como o site de comércio eletrônico brasileiro da Nike. Segundo comunicado divulgado pelo Grupo SBF, o negócio foi fechado por 900 milhões  de reais e tem duração de 10 anos, podendo ser renovado.
 
A Nike informou que espera cobrar uma taxa única de cerca de 425 milhões de dólares relacionados à taxa de câmbio envolvidas nas transações com as duas empresas sul-americanas, acordos que fazem parte dos planos mais amplos da empresa com sede em Beaverton, Oregon, para se concentrar em seu negócio direct-to-consumer, uma estratégia que fez a Nike redirecionar sua atenção para vendas online, melhorias na cadeia de suprimentos e lançamentos de novos produtos.
 
A Nike destacou que seus acordos com o Grupo Axo e o Grupo SBF não mudarão seu relacionamento com nenhum atleta, equipe esportiva ou federação nos países afetados. Espera-se que ambas as transações sejam concluídas em meados de 2020. O acordo com o Grupo Axo está sujeito à aprovação do governo local, enquanto a transação do Grupo SBF depende da aprovação da autoridade antitruste do Brasil.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.