Nike está "muito preocupada" com a acusação de estupro contra Neymar

A Nike informou na quinta-feira (6) que está "muito preocupada" com a acusação de estupro contra jogador brasileiro de futebol Neymar Jr, gerando especulações sobre o futuro do patrocínio de um dos jogadores mais famosos do esporte.


Neymar - Neymar

A Nike emitiu um comunicado um dia depois de Najila Trindade ter dito em uma entrevista ao SBT que Neymar a estuprou em um hotel em Paris no mês passado. Neymar negou a acusação em um post no Instagram e disse que a mulher estava tentando extorqui-lo.

"Estamos muito preocupados com as recentes acusações e vamos continuar monitorando de perto a situação", disse a Nike ao ser questionada sobre a acusação contra Neymar, que joga no time francês Paris Saint-Germain, que é patrocinado pela empresa americana.

Em conversa com jornalistas no Rio de Janeiro na quinta-feira, a advogada de Neymar, Mayra Fernandes, não falou sobre seus acordos de patrocínio. Ela disse que seu cliente era inocente da acusação feita contra ele.

Um representante da Mastercard Brasil confirmou à Reuters que a empresa tinha planejado uma campanha publicitária para coincidir com o torneio da Copa América deste mês, mas não confirmou se a Mastercard decidiu suspender a participação de Neymar.

A companhia aérea brasileira Gol Linhas Aéreas Inteligentes disse que é patrocinadora da equipe nacional, mas não de jogadores individuais. Um assessor de imprensa da companhia se recusou a comentar a acusação contra Neymar. McDonald’s e a marca Gillette, da Procter & Gamble, que destacaram Neymar em campanhas publicitárias no ano passado, disseram não ter nenhum contrato atual com ele.

RELATÓRIO POLICIAL

Najila Trindade acusa Neymar Jr., de 27 anos, de estuprá-la em um hotel em Paris no mês passado. A polícia de São Paulo está investigando a acusação. De acordo com o relatório da polícia, ela disse aos investigadores que conheceu Neymar no Instagram. O jogador sugeriu que eles se encontrassem em Paris e ele pagou pelo voo e pelo quarto de hotel, segundo o relatório. Na noite de quarta-feira, a modelo Najila Trindade deu sua primeira entrevista desde que sua acusação se tornou pública. Fui vítima de estupro”, disse ela ao SBT.

Após relatos da mídia sobre a acusação, Neymar publicou um vídeo em seu Instagram, no qual ele negou as acusações, dizendo que foi vítima de extorsão e compartilhou mensagens que trocou com Najila, incluindo as fotos íntimas recebidas. Isso levou a polícia do Rio de Janeiro a abrir uma investigação sobre a divulgação das fotos intimas online sem o consentimento da pessoa envolvida. Na noite de quinta-feira, o jogador prestou depoimento sobre a divulgação das fotos. 

Alguns dos companheiros de equipe de Neymar têm lhe dado apoio, mas o técnico da seleção brasileira, Tite, disse aos jornalistas na segunda-feira que não queria opinar sobre o assunto. A Confederação Brasileira de Futebol disse na quinta-feira que Neymar foi cortado da seleção que irá jogar a Copa América, devido a uma lesão no tornozelo sofrida em um amistoso contra o Catar.

Com a Redação.

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2019 Todos os direitos reservados.

EsportePersonalidadesNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER