×

New Guards Group, propriedade da Farfetch, compra Opening Ceremony

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 15 de jan de 2020
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

O New Guards Group (NGG), responsável por marcas como Palm Angels e Off-White e propriedade da Farfetch, adquiriu a retalhista de culto Opening Ceremony. 


Opening Ceremony


Como parte do acordo, o NGG possui agora a marca registrada e a propriedade intelectual da Opening Ceremony, de acordo com relatos da indústria. Embora os termos exatos do acordo sejam desconhecidos neste momento, o grupo italiano também estará interessado em assumir o controle da linha interna de roupa e acessórios da Opening Ceremony.

Os relatos adiantam também que os fundadores da Opening Ceremony, Humberto Leon e Carol Lim, permanecerão muito envolvidos com a marca, trabalhando como diretores criativos. Os dois continuarão a ser donos e a supervisionar o negócio de varejo da Opening Ceremony, incluindo as lojas em Nova Iorque, Tóquio e Los Angeles.

Lim e Leon fundaram a Opening Ceremony em 2002. A popularidade da marca cresceu rapidamente graças à sua reputação como varejista moderna e conhecedora da moda jovem. Durante a sua ascensão, a varejista apresentou inúmeras colaborações de alto nível com várias marcas, incluindo Rodarte, Maison Margiela, Columbia, Vans, Reebok, Gentle Monster, The Muppets, Adidas Originals e Kodak.

Só em 2019, a marca anunciou várias colaborações, incluindo coleções com Wrangler, Hoka One One e Russell Westbrook, que tiravam partido de algumas das tendências mais populares do ano: roupa apoiada por esportistas, cultura dos tênis e moda neutra em termos de gênero.
 
A Opening Ceremony entra no NGG poucos dias após a empresa anunciar que havia comprado a marca de joias japonesa convertida em marca de roupa urbana Ambush.

Além disso, em agosto de 2019, o NGG anunciou também que o próprio grupo havia sido adquirido pela Farfetch por 675 milhões de dólares.
 
Em novembro, a Farfetch relatou um prejuízo líquido no terceiro trimestre que aumentou 10,6%, para 85,5 milhões de dólares. No entanto, os executivos da empresa consideraram que o trimestre foi um sucesso, com receita de 255,48 milhões de dólares, contra 134,54 milhões no ano anterior, e um volume bruto de mercadoria (GMV) de 492 milhões de dólares, em comparação com os 310 milhões anteriores.
 
O GMV da plataforma digital aumentou quase 38%, para 420,3 milhões de dólares, em parte impulsionado pela aquisição da New Guards.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.