×
892
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Netshoes e Kappa apostam em linha feminina de 'training'

Por
Publicado em
today 13 de dez de 2016
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Depois da repercussão causada pelo mal-entendido com as camisas da Chapecoense no dia do fatídico acidente que atingiu a equipe catarinense e, claro, do rápido esclarecimento do portal e-commerce Netshoes sobre os fatos, a empresa apresenta o mais novo fruto da sua colaboração com a marca desportiva italiana Kappa.

O e-commerce é responsável no Brasil por manter os mesmos padrões exigidos pela marca italiana. - Foto: Netshoes


A parceria entre as duas marcas cresce desde abril passado com novidades masculinas e, a partir deste dezembro, femininas. Com venda exclusiva para Netshoes, a Kappa traz mais de 30 modelos que vão agradar às fãs de academia, treinos funcional e musculação. E nada como uma boa produção para injetar ânimo antes do treino.
 
Preparada para o verão brasileiro, a Kappa é uma das mais tradicionais marcas italianas de esportes, com peças leves e tecnológicas. Os shapes proporcionam conforto e se ajustam ao corpo e os tops, por exemplo, possuem uma sustentação especial.

Não podemos nos esquecer ainda das leggings, camisetas, regatas e saias com acabamentos especiais e recortes que oferecem ainda mais conforto. Os tons de preto, branco, cinza mescla, amarelo, rosa e azul possibilitam misturar e ousar na escolha do look, que vai da academia às ruas.
 
Esta coleção da Kappa foi fabricada no Brasil com o padrão de qualidade exigido pela fabricante italiana. O design e escolhas de materiais são de responsabilidade da equipe da Netshoes e SPR Sports contando com o suporte da Kappa. Com preços acessíveis, é possível encontrar ainda opções para todos os gostos e bolsos.

O Grupo de venda de moda desportiva Netshoes registrou um prejuízo líquido de R$ 63,2 milhões no ano fiscal de 2015. Apesar de negativo, o resultado revela uma perda 48% menor do que a vista em 2014, quando a empresa arcou com o rombo de R$ 93,5 milhões.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.