×
Publicidade
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
11 de dez. de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Neiman Marcus registra seu quinto trimestre consecutivo de aumento nas vendas comparáveis

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
11 de dez. de 2018

O grupo americano de varejo de luxo, Neiman Marcus, com sede em Dallas, no Texas, anunciou que registrou um aumento de 2,8% em suas vendas comparáveis, sendo o quinto trimestre consecutivo de crescimento.


Instagram: @neimanmarcus


A empresa, que tem dívidas de 4,8 bilhões de dólares, com vencimento no início de outubro de 2020, alcançou receitas totais de 1,10 bilhão de dólares no primeiro trimestre encerrado em 27 de outubro de 2018, em comparação com o mesmo período do ano anterior.
 
De acordo com Geoffroy van Raemdonck, CEO do Neiman Marcus Group, as vendas online da empresa aumentaram 8,9% durante o período. No entanto, apesar de seus ganhos em vendas, o prejuízo líquido da empresa totalizou 28,2 milhões de dólares, ante a 26,2 milhões de dólares no primeiro trimestre do ano anterior.

“Nossos resultados do primeiro trimestre marcaram o quinto trimestre consecutivo de aumento de receita comparável, e demonstram a contínua estabilização dos nossos negócios. Continuamos nos concentrando em cumprir nosso plano para este ano, ao mesmo tempo em que posicionamos a empresa para o crescimento futuro”, declarou Geoffroy van Raemdonck em um comunicado. “Continuaremos impulsionando a inovação que enriquece a experiência de compra, e investindo em personalização e omni-selling”.
 
Em setembro, a Neiman Marcus transferiu sua loja de varejo on-line MyTheresa para uma entidade separada, controlada pela empresa-mãe, uma mudança que foi criticada por alguns detentores de dívidas do grupo, que alegaram que a transferência moveu os principais ativos para fora de seu alcance. 

Como resultado da mudança, a Neiman Marcus reportou apenas dois meses de resultados da MyTheresa em seu último relatório financeiro trimestral. No início deste mês, a empresa anunciou que não chegou a um acordo para reestruturar sua dívida.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.