×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
21 de mar. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Natura suspende listagem na Bolsa de Nova York

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
21 de mar. de 2022

A gigante da beleza Natura & Co. suspendeu sua transferência para a Bolsa de Valores de Nova York. A empresa brasileira disse que irá focar na transformação das marcas que acaba de adquirir da Avon Products Inc, até que encontre o momento certo para seu IPO nos Estados Unidos.


A queda na Bolsa de Nova York fez a empresa decidir se concentrar em sua marca Avon, que adquiriu há três anos. - The Body Shop


O grupo Natura, que é proprietário da marca homônima Natura, da marca australiana de cuidados com a pele Aesop e da rede de beleza britânica The Body Shop, suspendeu os planos de mudar sua listagem principal do Brasil para os EUA, citando como motivo o aumento da volatilidade do mercado devido à guerra na Ucrânia, segundo informações da Bloomberg.

A suspensão da entrada na Bolsa de Valores de Nova York fará com que a empresa sediada em São Paulo se concentre em sua marca Avon, que adquiriu há três anos.

"Passamos os últimos meses conversando com nossos acionistas e potenciais investidores, e a conclusão é bastante clara: abrir o capital nos Estados Unidos faz sentido do ponto de vista estratégico, mas talvez não seja a hora certa", disse o CEO da Natura, Roberto Marques, em entrevista à Bloomberg. "Vamos avaliar o momento certo para retomar os planos", acrescentou.

Em sua última atualização de resultados a Natura comunicou que seu lucro líquido consolidado no quarto trimestre caiu 3% para 11,6 bilhões de reais (2,31 bilhões de dólares), -5,3% em moeda constante. O lucro líquido, no entanto, atingiu 695,4 milhões de reais, o que representa um aumento de 292% em relação aos 177,4 milhões de reais obtidos no ano anterior.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.