Natura não atinge estimativas de lucros

A maior varejista de cosméticos brasileira, a Natura Cosméticos SA, errou na quinta-feira as estimativas de lucro trimestrais, devido às despesas financeiras e ao cronograma de pedidos de seus franqueados.

Body Shop

A empresa registrou lucro líquido no segundo trimestre de 31,8 milhões de reais (US $ 8,37 milhões), uma queda de 81% em relação ao mesmo período do ano anterior, bem abaixo da estimativa da Reuters de 100 milhões de reais.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) chegou a 334 milhões de reais, também abaixo da estimativa da Reuters de 437 milhões de reais.

A empresa registrou perdas de 145 milhões de reais devido a custos de financiamento, contra um lucro líquido de 14 milhões de reais na categoria de financiamento e empréstimos no ano passado, que a Natura atribuiu aos custos associados à aquisição da The Body Shop em 2017.

O segundo trimestre também foi atingido por efeitos pontuais de calendário e pelo cronograma de pedidos de franqueados, dos quais a Natura é amplamente dependente, disse a companhia.

© Thomson Reuters 2019 Todos os direitos reservados.

CosméticaNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER