×

Natura acrescenta ao conselho de administração três novos membros provenientes da Avon

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 19 de dez de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

O grupo brasileiro de beleza, Natura & Co, anunciou que três novos membros provenientes da Avon Products farão parte do conselho de administração quando a aquisição for concluída. Esta operação está prevista para o primeiro trimestre de 2020.


Natura e Avon finalizaram os termos do acordo em maio deste ano. - Instagram: @naturabroficial


Com a chegada dos três novos membros - que atualmente fazem parte do conselho da Avon - o conselho de administração da Natura terá um total de 13 membros, sendo nove independentes.
 
A primeira das novas adições é Nancy Killefer, que atua no conselho da Avon desde 2013, quando deixou o cargo de senior partner da consultoria internacional McKinsey & Company. Killefer ingressou na McKinsey em 1979 e ocupou vários cargos de liderança na empresa.
 
Andrew G. McMaster também fará parte do conselho de administração da Natura trazendo mais de uma década de experiência como diretor geral adjunto e vice-presidente da Deloitte & Touche LLP. Ele se aposentou deste cargo em maio de 2015 e é presidente do comitê de auditoria do conselho da Avon Products desde 2018.
 
Por fim, o ex-presidente e CEO da Granite Broadcasting Corporation, W. Don Cornwell, é membro do conselho da Avon desde 2002. Antes disso ele foi diretor de operações do departamento de finanças corporativas da Goldman Sachs & Co.
 
"Estou muito satisfeito de receber os novos membros do conselho na família Natura & Co", declarou o presidente executivo da Natura, Roberto Marques, em comunicado. "Estou certo de que sua vasta experiência e profundo conhecimento da Avon capacitarão nossos empreendedores e associados, além de ajudar a expandir nossos negócios de alta tecnologia diretamente para o consumidor", acrescentou.

Natura e Avon confirmaram que estavam conversando sobre uma possível aquisição em março deste ano e anunciaram que haviam chegado a um acordo em maio. A oferta total de ações, cerca de 2 bilhões de dólares, fará com que os acionistas da Natura detenham 76% da nova empresa, que terá receita anual de mais de 10 bilhões de dólares.

A aquisição fará da Natura, que é proprietária de sua marca homônima, além da The Body Shop e Aesop, a quarta maior empresa de cosméticos do mundo, com 3.200 lojas espalhadas por 100 países.
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.