×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de jun de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Mytheresa junta-se ao Vestiaire Collective para oferecer serviço de revenda

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de jun de 2021

A economia circular está se tornando o novo mantra da moda. Não passa um dia sem uma plataforma ou uma marca anuncie um novo projeto dedicado à revenda de peças usadas. Depois da alemã Zalando e da britânica Farfetch, que acabam de acelerar no segmento de segunda mão, e mais recentemente a italiana Benetton – com o aplicativo Depop ou holding francesa LVMH e o seu site Nona Source dedicado a ações inativas – é a vez da Mytheresa se lançar no mercado de segunda mão com o portal francês Vestiaire Collective.


Mytheresa X Vestiaire Collective, uma nova plataforma de economia circular - Mytheresa X Vestiaire Collective


A retalhista alemã anunciou uma parceria com o portal francês especializado em moda de segunda mão e artigos de luxo para oferecer um serviço de revenda de peças de luxo. O programa – disponível em uma página web dedicada desde quarta-feira (9 de junho) – será inicialmente reservado para "os clientes mais fiéis" da Mytheresa.

"Para receber uma oferta de prêmio, os participantes terão de preencher algumas informações sobre as suas peças em segunda mão. Após o Vestiaire Collective ter recebido e verificado as peças, o pagamento será emitido sob a forma de um voucher. Uma equipe dedicada Mytheresa X Vestiaire Collective fornecerá apoio personalizado em cada fase do processo. Os artigos vendidos pelos clientes Mytheresa estarão disponíveis para compra em todo o mundo no Vestiaire Collective", explicaram os dois parceiros em um comunicado.

Nesta primeira fase, o serviço apenas abrangerá bolsas de mão de cerca de 20 marcas selecionadas e a revenda será realizada somente na Europa. O objetivo a longo prazo é "oferecer o serviço a um maior número de clientes Mytheresa, bem como a todas as categorias, incluindo vestuário", enquanto a lista de marcas elegíveis deverá também ser ampliada até ao final do ano.
 
De acordo com o e-tailer alemão, esta é a primeira vez que uma plataforma multimarcas de luxo incorpora "um programa de revenda tão luxuoso para promover a circularidade da moda". "Oferecemos um benefício real aos nossos clientes ao darmos uma segunda vida às suas peças. Este serviço também nos permite participar na mudança da moda, integrando circularidade no nosso modelo de negócio. Este é um enorme potencial e esperamos expandi-lo a mais clientes, categorias e mercados nos próximos meses", declarou Michael Kliger, CEO da Mytheresa.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.